Participação especial da leitora e blogueira – Alergia a esmaltes

9 de Dezembro, 2010 em Geral by Nanda

Há muito tempo quero fazer um post sobre alergia a esmaltes aqui no LPE, mas como não sofro desse mal fiquei com medo de falar besteira e prejudicar mais que ajudar. Não quis mais adiar o assunto, então resolvi convidar a Kika do Esmaltes da Kika pra nos dar um depoimento e ajudar tantas mulheres que enfrentam essa dificuldade.

A Kika é designer e mora em Jundiaí (SP). Tem vinte-e-poucos anos e faz as unhas desde os 16. Começou a falar sobre esmaltes no seu blog pessoal há dois anos, mas de tanto os leitores homens reclamarem criou o Esmaltes da Kika (Um blog sobre esmaltes… pra quem tem alergia a esmaltes!) em fevereiro deste ano.

Sem mais delongas… com vocês Kika (que eu tive o prazer de conhecer pessoalmente na Aliança do Esmalte):

Descobri minha alergia a formol, substância presente na maioria dos esmaltes nacionais, já tem alguns anos. Desde então passei a usar apenas esmaltes da Colorama, mas há dois anos caí na tentação de outras marcas e veio a reação: uma lesão no rosto, em volta da boca, que descamava e coçava muito. Nem eu nem os dermatologistas que eu consultei ligaram a lesão à alergia, por isso continuei usando esmaltes “proibidos” mesmo sabendo do meu problema com formol, e achando que a alergia não era tão grave assim.

Num dia de crise, acordei com o pescoço coçando horrores e bolhas embaixo das unhas. Foi horrível! Uma das minhas unhas inclusive descolou por causa da bolha, e quase um ano depois ela ainda não voltou ao normal. E foi só parando com os esmaltes que contém formol que a lesão do rosto foi embora.

Pra cada pessoa a alergia se manifesta de uma maneira. Conheço pessoas que ficam com as pálpebras inchadas. Em outras, apenas o cheiro do esmalte é suficiente pra “trancar” a garganta e impedir a respiração. Mas em todos os casos a reação nunca é agradável.

O conselho que eu dou pra todas as meninas que falam comigo sobre alergia é o mesmo: procurem um alergista. Ele vai fazer o teste de reação e assim você sabe exatamente o que te causa reação. No meu caso por exemplo, o formol está presente em shampoos e sabonetes líquidos (muito, mas muito menos agora do que era há sete anos). Por isso, ler o rótulo de tudo que a gente vai consumir é muito importante.

Hoje em dia aqui no Brasil não é tão difícil conviver com alergia. As marcas nacionais estão investindo em novas cores e até cobertura matte já temos. Além da Colorama, a Ludurana também tirou o tolueno e o formol da composição dos seus produtos. Também recomendo os esmaltes da Argento, e pra quem gosta de cores mais clássicas, a linha hipoalergênica da Risqué.

Muita gente me aconselha a usar base e top-coat hipoalergênicos pra “isolar” um esmalte comum e não me causar reação. Queria ganhar R$1 pra cada vez que eu ouço isso, assim pelo menos estaria rica pra compensar. Gente, não dá certo! Além disso, não vale a pena arriscar a sua saúde por causa de um esmalte. Sou contra mesmo.

O lado bom da alergia é que, quando o bolso permite, eu posso me jogar nos esmaltes importados sem culpa. Felizmente a grande maioria dos esmaltes importados é livre das principais substâncias causadoras de alergia – apenas alguns endurecedores contém uma quantidade acima do normal de formol, então a dica de ler os rótulos e procurar a composição. Até agora não tive problema com nenhuma das marcas que eu testei. Minhas preferidas são Orly, Zoya, Kiko e, claro, os holográficos e flocados da Nfu-Oh.

Esmaltes preferidos (todos hipoalergênicos)

Alegra (Zoya) – Foi o primeiro presente que eu ganhei de uma leitora, mas tá na minha lista de preferidos porque tudo que a Zoya faz é lindo.

Calm/Wild (Claire’s Mood)É roxo, é glitter. Nem precisava mudar de cor pra entrar nessa lista.

Azulle (Ludurana) - Não conheço ninguém que tenha esse esmalte e não considere ele um dos preferidos.

Coral (Colorama)Já venceu e eu não encontro mais pra comprar, mas é lindo! Esse é o terceiro vidro, os dois primeiros foram descaradamente roubados pela minha mãe e pela minha vó.

Charla (Zoya) – Foi presente da Bee e é a coisa mais linda do mundo.

Decana (Ludurana) - Luxo em estado bruto

Lavanda (Colorama) – É meu esmalte coringa, que serve pra tudo, seca rapidinho e não precisa limpar os cantinhos. É o primeiro esmalte na vida que eu consigo terminar o vidrinho, já estou no segundo.

Meninas, alergia é coisa séria, não vale a pena arriscar mesmo, ao menor sinal de “irritações” procure um alergista, não há ninguém melhor pra te orientar.

Hoje em dia o mercado nacional até que oferece várias opções de esmaltes sem formol, vale uma pesquisa. Complemento o post da Kika dizendo que a Impala também tem uma linha hipoalergênica, dá pra se jogar nos coloridos sem problemas maiores.

Obrigada Kika pela participação!

Meninas, não esqueçam de visitar o Esmaltes da Kika, ele tá recheado de informações. :*