Azulejo Português – Risqué

31 de January, 2014 em Risqué by Bianca de Neve

Usei esse esmalte na virada do ano, quase deixei a preguiça me vencer e entrei 2014 com um esmalte velho. Bom, “velho” nas unhas, pois o Azulejo Português é uma cor idosa também, mas quando me referi à velhice era sobre a cor que eu estava usando há alguns dias.

O Azulejo Português foi lançado em 2008, na coleção Passarelas e até hoje ouço muitas lamúrias pelo seu sumiço. Pois é, no final de 2009 já era difícil encontrá-lo. Taí uma boa cor para a Risqué ressuscitar, além de bonita é única.

RISQUE-azulejoportugues

Apesar da minha escolha simples, foi bem acertada, pois a cor é linda *-*

Chama atenção na medida certa e o acabamento jelly garante um brilho ~natural. Pintei as unhas eram quase 22h do dia 31 de Dezembro, hauahue. Pois é, o povo chegando e eu ainda toda descabelada fazendo as unhas bem linda, como se fosse uma terça-feira qualquer. xD

Como pintei às pressas, me preocupei pouco com o acabamento e deixei com apenas duas camadas. A prioridade era estar com as unhas pintadas e não queria estragá-las enquanto me arrumava. À noite deu uma enganada, mas no dia seguinte notei algumas manchas e decidi passar mais uma camada, aí sim o acabamento ficou perfeito, do jeito que está nas fotos ♥

RISQUE-azulejoportugues2

Para mim esse esmalte é roxo, levemente azulado, mas ainda roxo. Como muita gente diz que ele é azul, até considero ele um blurple, mas tenho certeza que o “acharem” azul é influência do nome do esmalte: AZULejo Português, hahaha.

É daquelas cores que dá uma alterada conforme a iluminação e também é bem difícil de captar o tom exato, poucas fotos dele são fiéis. A fórmula é aguadinha desde sempre, ao contrário da maioria dos esmaltes Risqué que nascem cremosos e envelhecem  jellies. Mesmo assim a cobertura é boa e com essa cor fofa e praticamente única, mesmo se a fórmula fosse um cocô eu iria adorar o esmalte ♥

APRENDA A FAZER SUAS UNHAS EM CASA SEM USAR ALICATE!