Coleção Homens que Amamos #sqn – Risqué

23 de March, 2015 em Coleção Completa, Risqué by Loucas Por Esmalte

Oi gente, tudo bem com vocês?
Então tá bom.

Hoje não é primeiro de abril e o post não é de zueira. Na verdade vai ser bem sério, serão os swatches mais sérios que vocês já viram na internet. Tão sério que têm até bigodinho haha.

Esse post já estava no forninho pra sair no final da semana, mas devido à internets e à explosão do tema hoje (que acho que começou com esse tweet), resolvemos adiantar pra sair no timing.

No dia 5 de março, fui ao lançamento da coleção de outono/inverno da Risqué. A marca lançou a coleção “Homens que Amamos”. Segundo a marca, o tema homenageia as atitudes tão *lindas* que os homens (héteros) têm em relação às mulheres (também héteros). E os nomes dos esmaltes são essas ~atitudes~ tão louváveis. O slogan da marca é “homenagem ao assunto número 1 de nossas conversas“. Ai ai. Espero que não tenham tirado muitas fotos minhas no evento, porque as minhas expressões leendas se resumiam nisso.

esmaltes homens risque swatches feministasBem melhor assim. Cores lindas.

Só pra informar vocês, leitoras e leitores queridos, o LPE é e sempre será nosso espaço de lazer, por isso tentamos não trazer temas políticos e/ou ideológicos pra coisa aqui ficar o mais leve possível. No entanto, quando dois temas tão presentes em nossas vidas se juntam, não conseguimos escapar da abordagem. Que já fique o alerta para quem não curte mimimi: temos um montão de posts no arquivo do blog. E qualquer coisa é só pular as letrinhas e ir direto pras fotos. Grata.


Também pela primeira vez na história desse blog, resolvemos rebatizar os nomes dos esmaltes por não gostarmos muito dos originais. Então, seguem suatis mais personalizados do que nunca:

André pediu delivery porque aqui em casa ninguém cozinha: um laranjão escuro cremoso incrível! Passei duas camadas e o brilho ficou ótimo. André, amigo meu, usaria de boa.

esmaltes homens risque swatches feministas


Leo mandou flores sem saber que sou alérgica
: esse é o mais lindo da coleção! Um magenta bem escuro, com uma pegada vinho. Passei duas camadas também. Vontade de passar até na cara. O Leo podia pintar a parede lá de casa com essa cor.

esmaltes homens risque swatches feministas


Guto fez o pedido: meia portuguesa meia muçarela
: um prata beeem metálico e chato de passar. Aquele esmalte em que a segunda camada arrasta a de baixo, sabem? Passei duas camadas dele.

esmaltes homens risque swatches feministas


Zeca chamou pra sair, mas fui com a Julia que é mais gata
: um cinza bem escuro, amarronzado. Seria aquele taupe? Passei duas camadas também, maravilhosa e bem chique a cor dele. A Julia adora ver meus pés com ele.

esmaltes homens risque swatches feministas


Fê não mandou mensagem porque não quis dar meu telefone praquele tonto
: um azul petróleo escurão, com aquela pegada esverdeada de fundo. Passei duas camadas, mas achei que ficou um pouco manchado… Mesmo assim, é bem bonito.

esmaltes homens risque swatches feministas


João disse que quer meu esmalte emprestado
: um vinho metálico com brilhinhos holográficos. Bem mais fácil de passar que o prata. Usei duas camadas.

esmaltes homens risque swatches feministas

Essa coleção e todos os esmaltes da Risqué estão sendo lançados e os antigos estão sendo substituídos pelo novos vidrinhos, que têm tampa diferente e pincel achatado, além da fórmula totalmente hipoalergênica.

esmaltes homens risque swatches feministas

Como o blog é informativo, seguem os nomes e descrições originais (e lamentáveis!) do release da marca:

Leo mandou flores: O Leo sabe como me conquistar, o buquê de rosas era simplesmente incrível.
Guto fez o pedido!!: Guto transformou meu sonho em realidade com o anel mais lindo do mundo.
André fez o jantar: André sempre me surpreende: me esperou em casa com um incrível jantar a luz de velas.
Zeca chamou para sair: Nem acredito que o Zeca me chamou para sair… vou com aquele vestido cinza curinga.
João disse eu te amo: O primeiro eu te amo a gente jamais esquece. Acho que o João é o homem da minha vida.
Fê mandou mensagem: Olhei a caixa de mensagem e lá estava a mensagem do Fê para alegrar o meu dia!

Sério, gente?

A gente pegou levíssimo comparado ao que o pessoal fez por aí. A criatividade rolou solta.

Pra vocês entenderem melhor, a gente viu sim, muito machismo na temática da coleção. Nem todas as mulheres querem flores, nem todas esperam ser pedidas em casamento, nem todas as mulheres e homens são héteros! Dá pra falar “caramba, é só nome de esmalte, o que importa é a cor“. Afinal, nós sempre falamos isso aqui no blog, mas justamente como loucas por esmaltes, a gente gosta também de saber tudo que envolve o desenvolvimento de uma coleção, dos nomes às cores, vocês sabem disso. E ficamos muito tristes em ver que mais do que um nominho no rótulo, há toda uma campanha que estigmatiza mais do que nunca comportamentos machistas esperados e reproduzidos por algumas mulheres e homens. Sem contar a falta de tato e timing da marca lançando uma coleção dessa temática às vésperas do Dia Internacional da Mulher.

A Bee fez um post bastante bacana que resume o que pensamos sobre o assunto. Além disso, apesar de ter sido escrito por mim (Camila) o post está com autoria do blog, pra mostrar que esse é o nosso posicionamento editorial (chique isso!).

Vale falar que não somos anti-românticas, ou contra casamento, muito menos contra gentilezas ou contra os homens. O que muita gente não lembra, é que infelizmente, 99% dos ideais românticos ainda nesse século 21 são majoritariamente machistas. O homem que pede a mão da menina pra namorar, o homem que paga a conta, o homem que sustenta a mulher… Dói, eu sei. Dói parar e refletir que toda uma vida se baseou em comportamentos esperados por nós que pareciam *fofos* quando na verdade sempre se resumiram a diminuir a posição da mulher na sociedade. Todos os dias é uma luta pra desconstruir tudo que vejo de ações que colocam a mulher numa posição inferior simplesmente por ser mulher. E vejo que tenho que mudar aos poucos e com firmeza para que isso melhore não só dentro de mim, como na sociedade.

E pra quem ainda acha que tudo isso é bobagem, convido, sinceramente, a ler os posts que linkamos no post. De verdade, podem discordar, mas antes, leiam o que outras mulheres dizem e pensam. Mulheres que assim como vocês, querem um mundo bacana e igualitário para todos. Eu arrisco dizer que jogaria minha coleção de esmaltes na caldeira se uma de vocês dissesse que nunca foi assediada sexualmente na rua ou em casa (todas as amigas para quem já perguntei me contaram histórias de terror), ou se nunca se perguntaram por que, ao receberem uma visita na casa de vocês, as mulheres vão conversar na cozinha enquanto preparam os ~petiscos~ e os homens ficam em qualquer outro cômodo da casa esperando trazerem a comida ao se entreterem. São detalhes e são muitos. Pequenos como nomes de esmaltes, pequenos como “questionar nomes de esmaltes“, mas são atos que quando contestados, têm o poder de mudar o mundo.
Linkamos abaixo:

– Esse aqui do Lugar de Mulher, blog que acompanhamos sempre e que tem muuuuuito material bacana e #vidareal sobre o feminismo.
Esse outro do Brainstorm9, um blog que apresenta uma visão mais ~publicitária~ sobre o assunto.
– Praticando a Sororidade. Palavra linda que aprendi no blog da Bia, ex Mão Feita e muito querida :)
Feminismo à esquerda
No R7
Não me Kahlo
– No Estadão

Até a finalização deste post a Risqué ainda não havia se pronunciado sobre toda a discussão. Esse post não tem nenhuma intenção de ~falar mal~ da marca gratuitamente, a gente espera de verdade que a marca reconheça que errou feio e que volte a fazer campanhas bacanas e inclusivas como já fez. Claro que fica uma pulga atrás da orelha questionando se rolou uma coisa proposital pra criar polêmica, né? De qualquer forma, fica aí a inspiração da Granado que já fez lindas coleções inspiradas em mulheres escritoras, artistas e maravilhosas.

Mas as cores tão bonitas.