Acetona: Risqué X 5Cinco

29 de November, 2009 in 5Cinco, Removedor de Esmalte, Risqué by Bianca de Neve

Este post está para ser feito tem bastaaaante tempo! Eu já tinha tirado as fotos, só faltava montá-lo; e resolvi fazer isso hoje.

Decidi fazer uma comparação entre duas acetonas: 5Cinco e Risqué. (mais um site que não entra sem www, odeio³)

Acetona em solução e Solução de Acetona.

Clique para continuar lendo →

Tirando o esmalte sem acetona

9 de September, 2009 in 5Cinco, Produtos Nacionais, Removedor de Esmalte, Risqué, Tratamento by Bianca de Neve

Quando postei essa foto no Flickr, fiquei impressionada com a quantidade de pessoas que fazem o mesmo que eu:

Acetona é pra losers!
Descascam o esmalte ao invés de tirar com acetona.

Eu sei que isso não é bom pra unha, estraga, descama e etc, mas eu simplesmente não resisto! Se minha unha lasca um pouquinho e eu estou no ócio (leia-se: assistindo aula de Latim ou Literatura Alexandrina) começo a arrancar o esmalte com as unhas até ficar o mínimo possível (leia-se: o que não consigo tirar, que gruda de qualquer jeito).

Tudo bem que e horrível pra unha, ela fica esbranquiçada e levanta uma camada bem fininha (que não é só a base antes do esmalte), realmente não recomendo, mas economiza tanta acetona (haha creuza) e eu odeio ficar esfregando e manchando os dedos pra tirar esmalte. Isso, definitivamente é o que mais detesto em pintar as unhas.
Sem falar que unhas pela metade ficam horríveis, mas se você estiver num daqueles dias “foda-se, a vida é minha”, não pega nada, HEIOAHEAOI.
De qualquer maneira, se for pra descascar o esmalte, descasque por completo, nada de sair na rua com metade da unha sem esmalte.

O grande problema é quando os dedos mancham bastante e as unhas ficam levemente “coloridas” com a cor do esmalte usado em questão, sem falar nos cantinhos irritantes. Sério, odeio muito isso, por isso sou adepta do “descascamento”. É mais por praticidade, mesmo.

Claro que não sai completamente o esmalte e eu sempre acabo precisando da ajuda da acetona. Com um algodãozinho relativamente grande consegui tirar todo o esmalte de uma mão e os cantinhos que apareceram na foto acima.


Eu sou super econômica, hahaha.

E a acetona que eu uso acaba deixando as unhas com uma ótima aparência. É da 5cinco, uma empresa paranaense que recentemente começou a lançar esmaltes. Da acetona não posso reclamar, espero que os esmaltes sejam tão bons quanto ela :D.

Outro “segredo” pra não detonar tanto as unhas é usar o Risqué Technology Night Repair. Nunca achei que ele resolvesse alguma coisa, pra mim parecia mais um óleo secante fedido e melado que demora pra secar. Fiz a experiência hoje: arranquei o esmalte de todas as unhas da mão esquerda e tirei com acetona da mão direita. As unhas “esquerdas” ficaram opacas e com manchinhas brancas. Tasquei o Night Repair em cima e esqueci dele (afinal, demora pra secar). Mais tarde, reparei que as unhas “esquerdas” estavam com a mesma aparência que as unhas “direitas”.

Recomendo, mesmo que você não vá usar à noite ou com “tempo livre” para esperar secar. Até porque geralmente eu passo o NR, espero um pouquinho (não mais que trinta minutos, e ele demora mais ou menos isso pra “sumir”) e já passo uma base e o esmalte. Não posso reclamar que minhas unhas quebram ou descamam :). E mesmo que elas descamassem/quebrassem, a culpa seria exclusivamente minha, hahaha.