Creuzando as unhas

25 de October, 2009 in Eyeko, Impala by Bianca de Neve

Toda vez que vou tirar o esmalte pra passar outro, eu faço um carnaval nas minhas unhas. Carnaval meeeesmo. Geralmente faço isso na sexta-feira, e o processo de “tiragem” do esmalte começa na quinta à noite, minutos antes de dormir.

Eu sempre descubro uma unha levemente lascada e começo a descascar o esmalte. Geralmente tiro o esmalte da unha inteiro e uns pedaços de outras. Então desisto, porque preciso dormir para acordar cedo no dia seguinte. Durante a aula de sexta-feira eu descasco todas as unhas possíveis. Essa última sexta-feira, por exemplo, não descasquei todas as unhas por dois motivos:

O rosinha da Eyeko é difííícil de tirar. Tira toda a graça de descascar, ele não levanta tudo de uma vez, fica saindo pedacinhos que me dão nos nervos. E a bem da verdade, só descascou porque me esforcei muuuito pra levantar uma lasquinha, porque acho que ele aguentaria até domingo DIBOAAA.

É da Eyeko pôôÔ! Por mais que eu tenha 300 esmaltes pra usar eu não queria que ele descascasse nunca. Ainda mais agora que eles não sabem se continuam vendendo ou param de vender o kit dessa coleção.

Na hora do almoço de sexta eu já não tinha esmalte em 3 dedos e meio. Meio porque um, só consegui descascar até metade da unha. Feita essa meleca, a indecisão toma conta do meu ser e não sei que esmalte passar. Ao mesmo tempo que quero passar todos, quero uma cor só, porque faz teeeempo que eu não pinto as 10 unhas iguais.

Daííí taquei o Polar (Impala) em cima do Pink da Big, para ver como ficava. O Polar faz o que a linha Super Pérola¹, da Nati devia fazer: “Modificar o seu esmalte sem graça”, mas nhéé, não ficou nada demais. Aproveitei e passei ele (Polar) puro no anelar (o dedo vítima, é sempre o primeiro a ser descascado; é a unha que SEMPRE forma bolinhas no esmalte) e resolvi testar o glitter da Eyeko por cima, o Disco Polish. Olhaí os esmaltes que estou falando:

Dá pra ler bem os nomes, né? O Polar é um lilás acinzentando transparente.

GENTE! O Disco Polish é muito doido, aheusheaoiu. Eu passei ele por cima do Punk Polish, e ficou tosco. Claro, passei porcamente, de qualquer jeito, mas fica feio, não achei que ele fosse um glitter tão fechado. Se você passa mal feito do jeito que fiz, aparece o esmalte de baixo de maneira irregular e fica coisa de criancinha. Esse é diferente dos glitters brasileiros, os quais estou acostumada.
Aproveitei e passei por cima do Polar, já que com uma camada só ele nem dá uma cor de verdade à unha. E… ADOREI!
(favor ater-se apenas ao glitter)


Punk Polish + Disco Polish (ambos Eyeko) Not cool!
Polar (Impala) + Disco Polish (Eyeko) Cool!

Não sou grande fã de glitter ou de esmaltes super brilhantes, mas ADOREI esse. MESMO. É muito legal, hahaah. Não quero nem ver na hora de tirar, porque passando o dedo por cima da unha você sente os “glitterzinhos“, aquela coisa áspera (um pouco menos que dos glitters nacionais). Mas dá nada não, o que importa é o efeito dele, hahaha. Achei carnavalescamente liiiindo!

Estou considerando pintar todas as unhas com ele. Vocês pintariam? 😀

¹A linha Super Pérola dos esmaltes Nati cobrem tão bem o esmalte, que não faz a mínima diferença a cor que você está usando por baixo (pelo menos a meu ver). Passando ele sozinho na unha, você consegue o mesmo efeito que ele vai deixar por cima de algum esmalte. Talvez não com uma camada, mas com 2 garanto que sim.

Últimas aquisições

24 de October, 2009 in Colorama, Impala by Bianca de Neve

Nessa semana que passou encontrei a nova coleção da Colorama (Glam) e 6 esmaltes da linha Balneários, da Impala.

Coloramas


Coral Chic, Garota Verão, Atrevida, Rosa Chiclete, Puro Glamour e Noite Quente

Pensei que acharia essa coleção bem sem gracinha, só tinha me empolgado com o Noite Quente, que é um roxo, roxo! Quando penso em roxo é bem esse o tom que me vem à mente. Das outras cores, apaixonei pelos rosas quando os vi ao vivo, tanto o Rosa Chiclete como o Puro Glamour, não sei qual gostei mais! Só falta experimentá-los nas unhas!
Tá faltando aí o Batida de Cocôo, que é branco, mas não branco corretivo; é meio jelly (seja lá o que isso signifique). Como não gosto de branco, nem me senti mal por tê-lo deixado na prateleira.

Impalas


Pipa, Espelho, Rio Doce, Aleixo, Brisas, Prazeres

Eu estava tãããão desesperada atrás dessa nova coleção que quase comprei com uma amiga pelo Mercado Livre. Só não compramos porque a maioria das cores já não estavam disponíveis e se tinha, era apenas uma de cada.
Já estava me acostumando à idéia (eu gosto do acento) de só ver essa coleção lááá pro final do ano, quando minha amiga, a mesma que iria dividir o frete comigo (hahaha) me diz que achou para vender por aqui. Mas como nada é perfeito, só tinha essas cores aí, da linha Balneários. E não porque acabou o restante, mas sim porque trouxeram apenas essas. Nem ouviram falar da linha Acqua ou Deusas. As vendedoras me olham com cara de louca quando falo sobre essas “coisas inexistentes” porque né, eu vou umas 2 vezes por semana em quase todas as lojas ver se já chegou algo novo.
Daí fiquei meio desbundada de não ter achado os meus tão desejados Pier, Marina e SEREEEEEEEIAAAA! E da Eyeko ter tirado repentinamente os esmaltes fofinhos e colocado só três cores das novas.

Então é isso, com o passar do tempo eu faço demonstrações das cores e comparações com outras. =)

Comparação: amarelinhos (parte 2)

18 de October, 2009 in Comparação, Dote, Drica, Impala by Bianca de Neve

Continuando a saga dos “amarelinhos”, agora vou mostrar três outras tonalidades completamente opostas às anteriores: amarelão!. Ou, amarelo queimado. Os escolhidos foram o Amarelo, da Impala, Dote e Drica a pedido da Júlia, que está morrendo de curiosidade de ver como ficam, já que ela não tem tantos quanto eu, MUAHAHAHA.

Amarelo, Amarelo e Amarelo. Adoooro nomes óbvios!

O mais escuro dos três é o Amarelo da Drica, ele chega a ter um quê alaranjado. Mas é amarelo; amarelo queimado pra ser mais exata.


Impala, Dote e Drica

O Impala é completamente aguado e transparente, com 4 camadas nem fingiu que tentou esconder o branquinho da unha.

O Dote com 4 camadas cobriu um pouquinho mais que o Impala. Dos três, esse é o amarelo mais claro, apesar de ser mais concentrado que o Impala.

E o Drica ficou bom com três camadas. Super concentrado! Amarelo gema de ovo mole (eeeca).

Cheguei à conclusão de que o Impala serve mesmo pra misturinhas ou pra passar por cima de outros esmaltes. Resolvi deixar menos feio o Amarelo da 5Cinco que eu ainda não tinha tirado e passei por cima; ficou com cara de amarelo, mesmo!


em cima: 5cinco puro; embaixo: 5Cinco + Impala

Mais amarelado e mais brilhoso!

Acho que vou dar um tempo até a próxima comparação de amarelos. Não aguento mais ver amarelo na minha frente, hahaha.

Vocês preferem os amarelos clarinhos ou os mais escuros? 🙂

.

Adriana – Impala

25 de September, 2009 in Impala, Produtos Nacionais by Bianca de Neve

Que eu amo a Impala não é todo mundo que sabe, mas já vou avisando: desde que “redescobri” a marca, adoro usar um esmalte dela. Para mim a durabilidade é incrível, é fácil de passar, adoro o frasquinho clean que me deixa ver a cor do esmalte enquanto giro ele na minha mão (hábito besta). Adoro, adoro, adoro, adoro! Como diria a camie EU AMO A IMPALA! QUERO CASAR COM A IMPALA! Ainda mais depois dessa coleção Acqua deles, QUERO TODOS! TRÊS DE CADA!

Mesmo depois do incidente ocorrido, ainda continuo amando a Impala, ela vai ser, pra sempre, meu esmalte favorito. E ainda é produção brasileira :}. Sem falar que se eu não descoordenar muito, dá pra passar só uma mão, economia total.

Mas voltando, domingo passado (é, quase uma semana faz), passei o Adriana, da Impala (depois da declaração de amor acima eu ainda precisava dizer a marca? haha). É um vermelho, tipo vermelho, mas não é um vermelho normal (?). Ele é bonito, é chique, combinou com meu tom de pele e tem brilhinhos douradinhos. Aqueles brilhinhos que só a Impala tem, sabe? (haha, ai que puxação de saco, hahaah) Tá, ele é perolado, tem esse brilhos fantásticos que não são bregas e dão um tchanzinho bem de leve à cor.

Na foto de baixo dá pra ver mais os menos os brilhinhos. Essas fotos foram em seguida de pintar, (tá mei borradinho, néam? abafa!) apenas com duas mãos. Nas fotos parece que aparece (!) o branquinho da unha. É mentira, essa câmera da Sony quer me desmoralizar, não apareceu nadica de nada. A cobertura ficou perfeita, acho que nunca minhas unhas ficaram tão lindas e tão bem pintadas (modéstia à parte…).

Aqui as fotos depois de 5 dias. Apenas dois dedos de dez lascaram durante a semana. Gente, isso é um recorde pra mim!

Vermelho super digno, e olha que não gosto de vermelho. Não adianta, a Risqué tem birra comigo, toda vez que passo um vermelho da marca ele acaba estragando em tempo recorde (de indurabilidade).

Adorei esse vermelho porque essa minha semana foi um INFERNO, e mesmo que eu quisesse pintar as unhas não teria tido tempo. Melhor então continuar com o mesmo esmalte praticamente intacto!

IMPALA, EU TE AMO!
Mesmo você não me mandando de brinde um Sereia e um Marina.