Unhas Shellac no Tampopo

4 de August, 2010 em Geral by Camila

Vocês já ouviram falar das unhas Shellac? Nem eu haha Eu já tinha visto em blogs gringos, mas não tinha decorado o nome do processo… Daí que recebemos há algumas semanas um e-mail cujo assunto era “Unhas Shellac no Tampopo”, e nos perguntamos o que poderia ser isso… Como não decoramos o nome das coisas, conversando com a Bee e a Fer, uma acabava falando pra outra: “Ah, tem que responder o e-mail do Shelbac do Tampão” haha. Agora chega de besteira e vamos falar sério.
Recebemos um convite do salão Tampopo, em São Paulo, para fazermos um test drive das unhas Shellac. Esse salão é atualmente o único no Brasil que tem a novidade. Os esmaltes Shellac são uma mistura de esmalte com gel, um esmalte híbrido, o que faz com que eles durem duas semanas intactos nas unhas! Legal, né? A proposta é super interessante, e como eu só tinha visto no blog da Michelle, do All Lacquered Up, não podia recusar o convite e deixar de testar e falar pra vocês o que achei (assumindo todos os riscos de ter que aguentar duas semanas com o mesmo esmalte hahaha).

Fachada do salão, lindo todo verde haha

O salão trouxe a técnica de aplicação e os esmaltes há cerca de dois meses da Inglaterra, por isso ainda é super novidade. Os esmaltes Shellac foram desenvolvidos pela CND (Creative Nail Design) e por enquanto a cartela de cores ainda é pequena: são 12 cores, mas parece que até o final do ano, a lista incluirá 60 opções de cores (mas será preciso checar se o salão trará essas cores adicionais para o Brasil, futuramente).

Cores super usáveis, né?

Apesar da atual lista incluir 12 cores, havia 11 disponíveis no salão. Até que achei bem variadas, e atendem a grande parte dos gostos esmaltíscos da maioria das pessoas. A técnica só pode ser aplicada com esses esmaltes, além da base e do Top Coat da mesma marca:

Tampinha emborrachada, uma graça esses vidrinhos!

Fui ao salão no dia 27/7. Assim que cheguei, a manicure Teka Meleiros me atendeu e falou um pouco do Shellac: disse que é preciso um treinamento intensivo para a aplicação deles e que ainda tem algumas funcionárias do salão em treinamento para poder aplicar. A aplicação é bem parecida com o gel da Artisalus, o que muda é que o Shellac já é o esmalte. Achei interessante que não pode sujar a cutícula na aplicação do Shellac, mas a Teka me disse que com os outros esmaltes comuns, elas sujam a cutícula normalmente… Mas se aprendem a não sujar, com o Shellac, bem que podiam usar isso com todos os outros esmaltes, não é?

Máquina de luz UV própria da CND.

Bom, primeiro ela dá uma lixada e polida na unha, depois limpa os resíduos de unha com álcool e água para só então começar a pintura. Ela aplica uma camada de base, depois a unha fica 1 min na câmara de luz ultravioleta, depois uma camada do esmalte, 2 min na luz, segunda camada de esmalte, 3 min na luz, top coat e mais 2 min na luz. Ufa! Unha quaaaase pronta!! Depois passa só um removedor pra limpar restos na superfície do esmalte, óleo secante e tchans!! Aqui tem um vídeo bem bacana mostrando o processo que o próprio salão me indicou (está em inglês, mas dá pra entender a ideia da aplicação).

E a dúvida para escolher um esmalte que ficaria duas semanas na unha…Vixi… Pensei muito e escolhi o Tropix! Olha que escândalo esse coral:

Tá melecado de óleo secante, gente.

Pensem no esmalte que vocês já usaram que mais brilhou na sua vida, agora multiplica o brilho por 1000, e pã! Esse é o brilho do Shellac! Assustador de tão incrível! Sério, parecia um plástico inarranhável (isso existe?) na minha unha! Depois que passa pela última vez na luz UV, o esmalte está super seco, pode amassar, sentar em cima da mão, arranhar com a unha, tudo que você imaginar! Não destrói nada!
A foto abaixo é do terceiro dia com o Shellac (Rafa sofreu horrores pra tirar, pois tinha praticamente um espelho laranja na minha unha):

Mas, nem tudo ocorreu bem…Passei o esmalte na terça e olha o que aconteceu no domingo seguinte:

O esmalte não lascou, mas descolou de três dedos (na foto, indicador e dedo médio da mão direita, mas saiu também do anelar da outra mão). Fiquei surpresa porque não durou nem uma semana… Eu poderia ter colocado uma base pra tentar colar, mas ainda assim, sei que nem de longe chegaria aos 14 dias prometidos (acabei não fazendo isso também porque quando fui pegar os esmaltes pra fazer a gambiarra, o pedaço solto caiu de vez da unha ¬¬). Gente, eu sou uma moça comum, que lava louça de vez em quando, mas não fiz nada demais que acelerasse o “descascamento” do esmalte. O mesmo não aconteceu com as unhas de gel da Artisalus (sofri pra tirar o gel deles haha).

O serviço custa R$110,00 e nos pés o valor ainda é incerto, mas parece que custa algo em torno de R$140,00. Como eu falei, fui convidada e não paguei pelo serviço, ainda bem, pois ficaria muito brava em desembolsar mais de R$100,00 e o esmalte sair tão rápido… Vai saber se eu fui apenas azarada, ou se foi erro de aplicação, sei lá. Ainda não temos muitas opiniões de pessoas que usaram, mas a Michelle adorou e recomendou. Realço que a ideia é excelente, o brilho é maravilhoso, mas eu só usaria nos pés. Não é um serviço pra todas as mulheres, afinal, tem gente que adora trocar de esmaltes sempre, mas pra quem vai viajar ou não gosta de ir sempre ao salão fazer as unhas, é uma boa opção.
Agradeço ao pessoal da CH2A que me convidou e ao pessoal do Tampopo, em especial a Teka que fez minha unha e ainda me deu um Malícia de presente! Sou linda? hehe. Pena que dei azar com Shellac…

Pra quem se interessar e quiser ver se tem mais sorte do que eu com as Shellac, o Tampopo fica na Rua da Consolação, 3 444, São Paulo, SP. Telefones: (11)3061-2628 ou (11)3062-0401.

APRENDA A FAZER SUAS UNHAS EM CASA SEM USAR ALICATE!