7 Vermelhos Capitais – Risqué

16 de October, 2010 em Geral by Bianca de Neve

NÃO ME XINGUEM!

Eu sei, eu sei, essa coleção é velha, batida, blablabla, não adianta reclamar, eu só estou, finalmente, colocando em prática o que eu gostaria de ter feito desde o início do blog, haieoheoia. Sem falar que vermelho é uma das cores que não aparece tanto por aqui e a maioria da mulherada gosta e já recebi vários e-mails pedindo para dar dicas de esmalte vermelhos e parara. Nada mais justo do que fazer um post sobre a coleção só de vermelhos da Risqué, não é? Até porque é uma das poucas que ainda não saiu de linha.

Eu gostei da ideia quando a coleção foi lançada, apesar de ser só esmalte vermelho. Aí a Risqué resolveu “imitar” com a Penélope Charmosa e já achei chato, mas eu sou sonhadora e um dia acho que a Risqué vai lançar uma coleção só de azuis, linda como a da China Glaze. (sonho meeeu)

São 7 esmaltes vermelhos (nem deu pra notar, né?), do mais aguado ao mais escuro, pra todos os gostos.

E olha que mágico, eu tive que fazer swatches de mão inteira. Mais uma motivo pra eu não gostar de vermelho: é um saco para fotografar. E lado a lado, eles são todos iguais, aí fui obrigada a tirar fotos deles separados e ainda dar uma editadinha básica na cor pra ficar mais fiel, porque, de acordo com a foto acima, só tem 3 tons diferentes, e não é bem assim.

2x Toque de Ira e 3x Havana

Toque de Ira: vermelho aguado que não cobre o branquinho da unha de jeito nenhum. É o descendente mais pigmentado do extinto Havana. No indicador e médio está o Toque de Ira com 2 camadas, nos outro dois dedos, Havana com 3 camadas.

Meu Havana está na metade mesmo só tendo usado uma vez. Passei 83109283 camadas e continuei achando uma água suja alaranjada. Vai ver foi nessa época que peguei raivinha de vermelho.

Santa Gula: Passei só uma camada porque achei que tinha ficado ok, mas na foto dá pra ver o branquinho da unha. É o que eu chamo de “vermelho normal”. Bonitin… zZzzZZz.

2 camadas

Preguicinha: Mais um vermelho normal, hahaha. Um pouco mais fechado que o Santa Gula, com duas camadas fica bom, mas na foto o branquinho da unha quis aparecer. Maldita iluminação artificial.

2x Grão de Café e 2x Inveja Boa

Inveja Boa: É o mais vermelho da foto, apesar de ser o vermelho mais rosado dessa coleção. Quando a coleção Arábica foi lançada (ainda vou fazer swatches dela, haahah), algumas pessoas disseram que o Grão de Café era uma cópia do Inveja Boa. DE ONDE TIRARAM ISSO? Na foto a diferença fica ainda mais acentuada que ao vivo.

Já usei o Inveja Boa uma vez, ou tentei… esses dois vermelhos da coleção não brilham tanto quanto os dois primeiros, têm cara de coisa velha, que nem o Amora. E pra que foram inventar essa expressão, hein? Inveja é uma merda, não tem como ser boa, não se sintam menos piores ao usar essa expressão, tá? Vocês continuam sendo olhudas, hahaha.

Possessão Rosa: Não vejo nada de rosa nesse esmalte (não nas unhas). A impressão que tenho é que jogaram mais vermelho no extinto Viena (da mesma coleção do Havana – Risqué Mundo). Acho feio, com cara de sujo. Pelo menos brilha bastante.

2 camadas – abapha o dedão sem esmalte, ahhaha

Doce Orgulho: Pode me chamar de velha, mas esse é um dos tons de vermelho que eu acho bonito. Ele é fluído, mas não aparece o branquinho da unha como na foto, é culpa da iluminação. E ele também é mais fechado, sério, esmalte de “mulher madura” (de onde eu tiro isso? heisau).
O brilho dele me deixa bem orgulhosa.

2 camadas, pra que extrabrilho?

Pura Luxúria: Com uma camada lembra o Sedução da Avon. Nada a ver com essa cor da foto, né? Ele ainda é mais escuro, mas como a luz artificial é forte, dá até a impressão que o branquinho da unha aparece. Com duas camadas ele cobre bem e tem esse brilho todo aí. Ele foi o primeiro dessa coleção que eu usei e isso foi antes de fazer o blog, pra vocês verem como essa coleção é VELHA, hahahaha.

Não lembrei de fazer comparações com outros vermelhos da marca, até porque eu acho que nem tenho outros. Ao contrário de 99,8% das mulheres, eu não tive uma fase de só usar vermelho, sempre evitei ao máximo, preferia usar Café, mas como ficava manchado porque não tinha tenho habilidades manuais, só usava quando minha mãe tinha paciência pra fazer minha unha, ou seja: nunca.

Enjoei de vermelho, blé.

APRENDA A FAZER SUAS UNHAS EM CASA SEM USAR ALICATE!