Coleção Penélope Charmosa (o retorno) – Risqué

9 de August, 2011 em Geral by Camila

Junto à coleção COLOR effect e ao Ouro Nude, a Risqué (re) lançou a edição especial Penélope Charmosa. A primeira coleção da Penélope foi lançada em abril do ano passado e agora a Risqué traz novas cores dentro da mesma temática da personagem e mantém quatro cores da coleção original:

A Risqué deu uma repaginada no rótulo da edição especial, facilitando a visualização das cores, do jeito que a gente gosta. As novas cores são bem “em clima de férias”, como consta no release da coleção. Já adianto que a Penélope Charmosa deve ter lançado sua resort collection em algum parque aquático, já que a maioria dos esmaltes parece ter sido feita com água de piscina :/ Não sei o que aconteceu com a Risqué nessa coleção. Tá dando uma de Impala, com cores lindas e qualidade nhé.

Eu já tinha testado algumas cores para fazer swatches e desisti quando percebi o trabalho que ia dar e depois de ver essa foto das meninas do Mão Feita. Com mais paciência (e usando o Matt Plus como base), consegui fazer.

Primeiro mostro as novas cores da coleção e em seguida vêm os esmaltes da coleção original. Todas as cores são cremosas, sem nenhuma cintilância. Não usei extrabrilho em nenhuma cor.

Apuros em Miami: um laranja com cara de envelhecido, desbotado, um tico rosado. Como gosto de laranjas, amei a cor e achei um tom bem diferente. Deve ficar lindo em peles bronzeadas. Passei três camadas.

Armadilha Tropical: verde-água, verdinho sereia. Lembra bastante o Sereia da Impala, mas é um pouquinho mais pigmentado. Consegui usar só duas camadas, ainda bem, já que é o meu preferido da coleção.

Bonequinha Charmosa: amarelinho pastel beeeem clarinho. A cor é uma fofura só, mas tem que achar fofo até a alma pra conseguir passar esse esmalte sem chorar de ódio. Passei três camadas e me segurei para não passar a quarta. Terrível.

Relax da Penélope: esmalte com nome mais irônico, pois de Relax, não tem nada. Acho que é ainda mais aguado que o Bonequinha Charmosa. Um azul céu lindo de morrer, aparentemente a versão não-fosca do Cigarrete. Acredito que é a única cor dentre os novos Penélope que não é novidade dentro da Risqué.

Toque de Penélope: um rosinha-pêssego clarinho que pode servir de nude para algumas pessoas. É uma cor delicada e bonitinha. Boa para usar quando você vai ficar muitos dias sem manicure, porque é clarinho e se lasca, você não percebe tanto. Passei três camadas.

O problema do esmalte “aguado” é que ele escorre muito para os cantos das unhas enquanto você pinta e tem praticamente trabalho em dobro para pintar. Usar uma cobertura fosca de base parece que “segura” mais o esmalte e facilita um pouco a aplicação. De qualquer forma, fiquei decepcionada com a qualidade da coleção, pois pra mim, a Risqué nunca foi de fazer esmaltes com esse problema. Mesmo assim, elogio a marca por lançar cores diferentes dentro de sua cartela e pela temática da coleção combinar com as cores.

Junto aos novos, permanecem por mais tempo à venda quatro cores da antiga Penélope Charmosa. Eu não ia fazer swatches deles, mas resolvi comparar os novos com os antigos. Fiquei surpresa que nada mudou e a Risqué conseguiu fazer os novos esmaltes iguaizinhos aos primeiros (coisa que algumas marcas não conseguem, pois é comum um determinado esmalte aparecer de repente com outra cor e mesmo nome).

No indicador e dedo médio usei o esmalte novo e no anelar e mindinho o esmalte da antiga versão:

Charminho Lilás: uma das cores mais fofas da primeira leva permanece.

Momento Penélope: rosa bem cheguei, adoro.

Penélope Charmosa: um rosa mais avermelhado, bem cremosão.

Pink Vigarista: tem acabamento jelly (bem brilhante, mas não muito pigmentado) e continua com cobertura ruim como a primeira versão. Substituiria fácil pelo Apuro Violeta.

Uma coisa engraçada que percebi, é que jurava que os esmaltes da nova versão estavam com cor diferente dos antigos. Isso porque comparei a cor pelos vidrinhos e achei um mais claro, outro mais escuro. Nas unhas, ficou tudo igual. Isso mostra o quanto aquele antigo rótulo dos Penélope atrapalha muito a identificação da cor no vidro. Portanto, não faça mais aquilo, Risqué.

Quem tem os antigos Penélope, não precisa comprar os novos. E quem amar muito as novas cores e não ligar de passar mil camadas, pode comprar os novos, porque pelo menos as cores são bonitinhas. Mas o melhor mesmo é guardar o $$ e comprar todos os lindos da COLOR effect hauhau

Preço sugerido dos esmaltes: R$2,75, já à venda por todo o país.

* Os esmaltes desse post foram oferecidos pela assessoria da marca para teste.