Em busca de um lar: onde guardo meus esmaltes

31 de May, 2010 em Dicas Úteis, Geral, Retrospectiva by Bianca de Neve

Todo mundo que tem bastante esmalte tem o mesmo problema que eu: não ter um lugar adequado para guardar os malditos. Até os 400, ainda é fácil mantê-los em caixas bonitinhas e arrumadinhas, mas depois desse número, as caixas começam a incomodar, ocupar espaço, fica chato ter que fuçar em todas elas para encontrar o que precisa (isso se você for desorganizada).

Eu não gosto de deixar meus esmaltes deitados ou expostos. Deitados eles podem ficar bifásicos mais facilmente e expostos acumulam poeira rapidamente e eu detesto pó, me dá MUITA vontade de espirrar.

Vou contar todo meu processo até encontrar o lugar perfeito, HAHAHA.

Eu SEMPRE separei os esmaltes usados dos não usados, desde que eu tinha só 80 esmaltes e eles cabiam em uma caixa só. Os problemas só começaram a partir dessa quantidade mesmo, mais de uma caixa, já é incômodo. E a caixa que eu guardava, era uma caixa de sapato, de um tênis que eu tive. Usei ela por muito tempo.

O primeiro lar – foto de Julho/2009

Ela já estava em um estado deplorável, nem eu sabia mais o que havia sido usado ou não. Notem que a grande maioria dos esmaltes eram Risqué e Colorama. Felizmente agora é a Impala que domina minha vida, haehae.

Depois de assumir que essa caixa tava O caos, eu consegui outras caixas de sapato e comecei a usá-las, e deixei essa aí para guardar apenas os esmaltes já usados, que, até hoje, são em pouquíssima quantidade em comparação ao meu total.

Em Outubro/2009 a quantidade de caixas já havia se multiplicado bastante. E eu comecei a separar os esmaltes por usados/não usados e por marca. Antes eu ia guardando conforme o que comprava, numa tentativa de usar sempre os adquiridos menos recentemente.
Até hoje eu faço isso, nunca uso esmalte que recém comprei/ganhei, não consigo, hahaha. Ele tem que estar há, pelo menos, 1 mês em minhas mãos pra poder usar.

Puxadinhos do primeiro lar – foto de Outubro/2009

Mais ou menos desde essa época eu fui em busca da casa ideal para os meus filhos. Ou era muito caro, ou muito baixo, ou muito alto ou tinha rodinha, ou eu não gostava da cor, etc, etc, etc. Milhões de desculpas até eu decidir o que queria comprar: um gaveteiro de madeira, estilo uma cômoda.
Mas JURA que eu ia gastar mais de R$300 em uma cômoda só pra guardar meus tão amados esmaltes, né? Eu adoro eles, sério mesmo, mas com R$300 eu faço um milhão de outras coisas, tipo, comprar um monte de esmalte gringo, haeheahea.

Enfim, um belo dia recebi uma newsletter do Walmart e vi uma cômoda em promoção. Cômoda mesmo, tabaco com branco, mas não era muito grande. Dái comprei. Paguei R$178 com o frete em 6x sem juros, haehaehea. PORÉM, não recomendo.

A minha cômoda demorou 1 mês para chegar (era o prazo estipulado, mas enfim) e ainda chegou zoada, lascada. Fiquei com uma raiva absurda. No mesmo dia que chegou pedi pra trocar. Eles tinham quase 1 mês para vir pegar a cômoda, depois mais 3 dias úteis para fazer uma avaliação e dizer se me trocariam. Passou um mês e naaaada deles. Aí cansei de esperar e resolvi montar a porcaria.
Uma semana depois recebi um e-mail do Walmart dizendo que a cômoda havia sido recebida (?)
Duas semanas depois de montada eu recebo uma ligação, perguntando se eu ainda queria trocar a cômoda. Disse que não, já estava montada.
Mais duas semanas e me aparecem uns carinhas querendo levar a cômoda. ¬¬
WALMART, NOTA ZERO PRA COMUNICAÇÃO INTERNA DE VOCÊS, HEIN? Nunca mais compro nada online da empresa.

Apesar de todos os problemas, minha cômoda é super linda e conseguiu engolir todos os meus esmaltinhos (pelo menos por enquanto).

Gaveteiro com suas 5 gavetas.

As gavetas são brancas (dãã, jura?) e o “contorno” é tabaco. O meu “estúdio” é em cima dela. Sempre que fico com preguiça de guardar os esmaltes que comprou ou uso, deixo em cima, HAHA.

Ele é bem prático, fica no meu quarto e evita que gente intrometida fique fuçando no que não deve, afinal, quem vai acreditar que você comprou um gaveteiro SÓ pra guardar esmaltes? hahaha
Também não é muito alto, bate no ossinho do meu quadril. Não que eu seja um parâmetro, mas só pra se ter uma noção.

Cada gaveta cabe entre 200 e 275 esmaltes (ou até mais), depende do tamanho de cada frasquinho. Apenas as três últimas gavetas estão “lotadas”. A primeira eu guardo os apetrechos necessários pra fazer as unhas: acetona, algodão, bases, lixas, hidratantes, etc.
A segunda é a de importados, que eu até já postei no twitpic.

Hits, Risqué, La Pogee, Jubby, Êxtase, 5cinco, Realce, Cora, Guga, Arezzo, Avon, Panvel, Drica, Marchetti…

As outras são parecidas com essa aí, mas com outras marcas, óbvio.
Bom, pra quem sempre me perguntou onde eu guardo os mais de 800 esmaltes, tá aí.

Eu comprei a cômoda porque não tinha nenhum outro lugar para guardar, quisera eu ter uma gaveta sobrando no meu armário pra poder me livrar disso:

Tá, ainda não é o lugar perfeito, meu sonho era deixar eles todos em prateleiras, igual eu vejo nas lojas, hahahaa. Mas isso demanda MUITO espaço e tem o fator da poeira, que me irrita absurdamente.

E vocês, guardam onde seus esmaltes?

UPDATE: Olha que legal o jeito que ela organiza os esmaltes. É bom para os esmaltes não “tombarem” ao abrir a gaveta.

Abaixo um vídeo que eu fiz mostrando o gaveteiro, acho que dá pra ter uma noção melhor.

APRENDA A FAZER SUAS UNHAS EM CASA SEM USAR ALICATE!