Coleção Cine – Risqué

7 de April, 2011 em Geral by Camila

Semana passada o estilista Reinaldo Lourenço lançou sua coleção de roupas para o outono/inverno 2011 e simultaneamente, a coleção Cine Risqué. A parceria entre a marca e Reinaldão continua firme e forte. Como apresentado também no lançamento da coleção Jóias Místicas, as cores dos esmaltes acompanham a cartela de cores das roupas usadas no lançamento do estilista. Dessa vez, a inspiração para a coleção de roupas veio da atmosfera elegante dos anos 1930, e de gancho, a inspiração para a coleção de esmaltes veio do cinema, de filmes antigos e de tudo que envolve o tema. A grande sacada da Risqué foi lançar os esmaltes dentro de um copão de plástico, bem com cara daqueles que a galera entra no cinema com o refri pra ver o filme. Achei o máximo.

A coleção Cine é composta por oito cores e uma cobertura fosca (que a Risqué ainda não tinha):

As oito cores + a cobertura fosca.

Logo após a São Paulo Fashion Week, algumas fotos dos vidrinhos ainda sem rótulo foram divulgadas e eu já estava achando tudo meio blé. Como nesse blog nós odiamos (e não postamos) fotos de divulgação e coisas do tipo, preferimos não opinar muito antes de estar cara a cara com os vidrinhos. Pois bem, mordi minha língua e confesso que poder conhecer o conceito de toda a criação me fez amar boa parte da coleção. Recebi os esmaltes da Risqué durante o evento de lançamento.

Bora ver como ficam as cores? Usei duas camadas em todas elas e não usei extrabrilho.

Anos Dourados: amarelo mostarda velha metálica. Incrível, mas essa é uma cor inédita!! Nem a Hits que sempre lança umas cores muito doidas tem essa cor na cartela. É meu preferido de loooonge nessa coleção. Ele sozinho vale a coleção toda, hauhau. Ótimo de passar e só não ganhou nota dez porque alguns fiozinhos do pincel vieram zuados, mas já resolvi o problema. O nome do esmalte remete aos anos de 1950, década que recebeu a alcunha homônima por ter sido, além de outras coisas, a idade de ouro do cinema.

Beijo no Escurinho: grafite metálico bem escuro. Ele tem alguma coisa diferente do Tattoo que não sei bem o que é…o acabamento está estranho, parece que tem pó de brilho moído nele. Ainda tô pensando se gostei dele. O nome é baseado em histórias de pessoas que não vão ao cinema pra ver filme.


Bonequinha de Luxo: não poderia faltar um nude. Esse é cremoso e puxa pro rosado. Gostei. Na foto parece que ficou mais claro do que ele realmente é, mas acho que a minha brancura é que aumenta ainda mais essa impressão. O nome foi inspirado no famoso filme de 1961, com Audrey Hepburn. Esmalte em homenagem a nossa bonequinha Fer *.*

Cenário Perfeito: azul escurão cremoso. É quase preto, mas dá pra ver o azul na alma dele. Esse merece um espaço no seu coração. Muito chique. O nome não tem nada de mais, é só uma expressão relacionada ao tema.

Dia das Estrelas: bronze metálico da cor do Oscar (é o que a moça da Risqué falou). Algo tipo um nude bronzeado com iluminador. No começo achei brega, mas depois, adorei. O nome é uma homenagem da Risqué às autoras desse humilde blog HAUHUA.

Felizes para Sempre: dourado metálico. Tem o mesmo acabamento esquisito do Beijo no Escurinho. Eleito por mim como o mais horroroso da coleção. Sério, prefiro mil vezes usar o Dourado Metálico da Colorama do que esse. O nome é o que muita gente quer ouvir e ver (ou não?) quando assiste um filme.

Nunca Fui Santa: laranja avermelhado cremoso. Não diria que é coral, porque pra mim, coral tem que ter um fundinho rosado que esse esmalte não tem. É laranja ou é vermelho, sem rosa no meio. Foi o que eu passei no dia do lançamento, lá na loja do Reinaldo. É minha segunda cor preferida na coleção. O nome veio do filme homônimo de 1956, com Marilyn Monroe.


Pipoca Doce: vermelho escuro cremoso que tem exatamente a cor daquela pipoca que o tiozinho do carrinho faz com groselha. Só faltava o esmalte vir com aquele cheiro maravilhoso!!! Er, pensando bem, melhor não.

Cobertura Fosca: a Risqué já tinha esmaltes foscos por natureza, e, indo ao contrário do fluxo, resolveu lançar uma cobertura fosqueadora. Passei uma camada dela sobre o Cenário Perfeito:

O efeito não é tão fosco quanto o do Matt Plus, da Big Universo, e me lembrou muito o efeito do Preto Fosco que a Risqué acaba de lançar. Achei ótimo, fácil de passar e ficou com acabamento bem uniforme.

Em geral eu gostei da coleção, pois como falei, independente das cores lançadas parecerem sem graça ou comuns no começo, depois de conhecer a concepção de criação e poder testar os esmaltes, a coisa muda. Pelo menos quatro deles eu compraria, e ficaria com vontade de outros dois. E só pra terminar, não sou cinéfila nem manjo muito de filmes e tals, mas ó, GENIAL se inspirar no cinema, fizeram bonito, na minha opinião. E quem vai levar um Cine Risqué pra casa levanta a mão o/

Os esmaltes começam a ser vendidos agora em abril. Preço sugerido: R$2,75

Já viram que estamos também no Facebook? Curte nóis lá!