Ametista – Ana Hickmann

November 7, 2014 in Ana Hickmann

Eu não estava brincando quando disse que passei um mês usando apenas esmaltes que começassem com a letra A. O bom de inventar essas regras malucas é que acabo revisitando a coleção, haha.

O Ametista eu comprei há 5 anos, dá pra acreditar? E nesses 5 anos já ensaiei usar ele umas duas vezes, do tipo deixar separado, passar a base e na última hora escolher outra cor. Sempre achei a cor bonita no frasco, mas depois de umas experiências razoáveis com os esmaltes da Ana Hickmann já estava sem grandes expectativas em relação à qualidade desse esmalte.

ANAHICKMANN-ametista

Quando vi que era aguadinho e precisaria de três camadas já desdenhei, mas olha, quem diria! Mesmo ralinho foi fácil de passar, a secagem foi rápida e o melhor: não deu bolinhas. Afinal, cintilante essa época do ano nas minhas mãos quentes é sinal de sofrimento com certeza.

Clique para continuar lendo →

Gaibú, Dote e Lilac, Eyeko

March 16, 2010 in Dote, Eyeko

Hello mulherada e homarada! Viram como o Loucas está animado também com a presença masculina? Teve quem não aguentou e pediu endereço, telefone e CPF dos pseudo-solteiros hahha!

Voltando aos esmaltes e unhas porque esse blog é familiar né, hahahaha. Geeente, minhas unhas estão umas garras! Nem parece que quebrei no cotoco outro dia! Nem gosto muito desse tamanho, mas às vezes fico com preguiça de cortar e lixar e vai crescendo…Vou ver quanto tempo aguento usar assim. Também acho que é mais fácil combinar certas cores em unhas mais curtas, sei lá, unha grande já é chamativa sem nada, né???

Buenas, o sorteado da semana foi o Gaibú, da Dote.

É um esmalte vinho, cor comum, nada demais. Tem aquele quê de vermelho e de rosado, bem fechado, é um clássico já conhecido e recomendado a quem quer combinar tons escuros com o friozinho. Devem existir vários tons parecidos em outras marcas. Passei três camadas porque achei que ainda ficou meio manchado só com duas. Pra variar, tava um calor horrendo aqui em São Paulo (ai, volta friozinho!!!) e depois que o esmalte secou, reparei que tinha enchido de bolinhas! Passei o roxinho da Avon pra tentar dar um salve pra galera do Xurupita no Gaibú.

Aproveitando a deixa das bolinhas, a leitora Thais Mattos nos mandou um e-mail com uma dica ótima pra tentar acabar com as elas! Sei que muita gente já tentou de tudo um pouco e acho que quanto mais dicas tivermos, melhor, até pra encontrarmos a que mais dá certo com a gente. Reproduzo o relato dela abaixo:

A história é a seguinte:
Eu tenho fibromialgia, essa doença causa um monte de transtornos, além de dores todos os dias e todas as horas, em mim, quando ataca, chego a ficar com as mãos e os pés inchados e a temperatura de ambos chega a aumentar, e com isso, além de todo o incômodo que causa, quando faço as unhas, inevitavelmente aparecem as boludas…
Minha manicure tentou várias coisas… Colocar as mãos em água gelada antes de esmaltar, e tudo mais… Às vezes dava certo, às vezes não…
Um belo dia, ela pegou o spray secante e aplicou nos meus pulsos do lado de dentro e de fora, e bem de perto, pra dar aquela gelada legal… Pra minha surpresa, não fez bolinha, e pra garantir que não surgisse, ela aplicou depois do esmalte também, porque ele acaba dando uma geladinha… então uma esborrifada acaba “completando” a outra…
A experiência é meio estranha, pois é um pouco dolorido, e depois a pele fica com aparência de queimada, mas em questão de minutos passa a vermelhidão, e tudo fica bem…
Então fica aqui minha dica do spray nos pulsos para tentar amenizar as bolinhas.

Bom, eu não uso e nunca usei spray secante (hum, acho que só uma vez no salão, mas nem me lembro direito), mas fica a dica ae pra quem curte. Muuuuuuuito obrigada Thais! Quem tiver mais diquinhas legais, é só mandar sua cartinha um e-mail pra gente, blz?

A combinação de hoje foi feita com o Lilac, da Eyeko. É o único que tenho da marca (por enquanto). Esmalte fácil de passar e cor fofa! É o lilás mais escuro que eu tenho, e ele difere do Azaléia, da Top Beauty porque este último é mais acinzentado.

Também tive que passar três camadas porque achei que tinha ficado muito apagadinho só com duas. Não mudou muito o resultado final, mas até que achei bonitinho mesmo assim. Me pareceu tão delicado, e meu namorado não gostou! Acreditam? Vou deixar pra ele fazer o relato completo nos próximos posts da Ala Masculina.

Gostei das duas cores, mas achei uma combinação tão… sem graça, sabem? Nada de verde, azul com laranja, roxo com cinza haha Tô muito sem criatividade esses dias. Vamos ver se tenho mais inspiração na próxima pintada. HAUHA

Até meninas.

Violine Interdi – Bourjois

February 28, 2010 in Bourjois, Risqué

E aí que eu não sou boba nem nada e também aproveitei a promoção que rolou na Americanas.com e garanti três Bourjois por R$4,49 cada. Não podia perder, né? Os esmaltes da linha So Laque custam em média R$34,00, pasmem.

Não lembro agora o nome dos outros dois que comprei haha, mas vim mostrar pra vocês o Violine Interdi.

Eu sempre gosto de tudo, né? Que sem graça. Então, amei esse bordô, ele é lindo e meio que indefinível. Dependendo da iluminação ele é marrom, vermelho, roxo, ou tudo misturado que é o que eu gosto mais.

Na foto estou com 3 camadas, por isso ele ficou escuro assim, mas com 2 camadas ele fica com cor de suco de uva, lindíssimo. Me senti muito chiquetosa usando ele, super discreto e com cara de inverno.

A cobertura da Bourjois é ótima, mas o que me chamou mesmo a atenção foi o brilho, certeza que despejaram na fórmula desse esmalte altas quantidades do roxinho da Colorama haha, só pode. Na verdade, todo o brilho é graças ao vinil embutido na fórmula. O brilho continuou ali ao longo dos dias, e a cor não desbotou. Mas não agüentei fazer o teste dos 7 dias com ele, que é a proposta da So Laque.

O vidrinho é fofo demais, pois a cor da embalagem combina com a do esmalte. E são 10 ml de puro prazer esmaltístico! Mas na real? Só vale a pena “investir” nos bonitinhos se eles estiverem em promoção mesmo, é melhor comprar outras marcas ao invés de pagar R$34,00 nesse vidrinho.

Bom, como disse ali, não agüentei ficar 7 dias com ele, pois estava LOUCA pra usar o Affair da Risqué, e a combinação de ambos me pareceu ótima.

O Affair é um roxo metálico que funciona bem sozinho ou sobre algum esmalte preto, mas aqui testei sobre o Violine Interdi.

No sol ele fica lindo assim, bordô metálico, mas na sombra fica mais roxinho, coisa linda! Eu tenho que aprender a tirar foto em TODOS os ambientes pra mostrar a variação de cores pra vocês, mas eu nunca lembro, droga.

Até a próxima, meninas.

Coleção: esmaltes Panvel

December 29, 2009 in Comparação, Panvel

Venho protelando há bastante tempo o “levantamento” da minha coleção de esmalte. Já decidi que faria um post para cada marca para não ficar tão longo (e mesmo assim vai ficar, hahaha) e resolvi começar logo isso. Obviamente peguei a minha menor variedade de esmaltes de uma mesma marca, HAHAHA.

Ressalto que a quantidade de esmaltes dessa marca irá aumentar consideravelmente assim que eu voltar do RS e de SC, após visitar os familiares, hahaha.

Eis meus esmaltes da Panvel.

Jade, Grape, Hope, Carmem e Femme na frente.

A Panvel é uma rede de farmácias que atua no Rio Grande do Sul e Santa Catarina (o que custa vir pro Paraná, né? ¬¬). Há não muito tempo eles lançaram a linha make up, que tem diversos cosméticos produzidos por eles. Possuem batom, hidratante, acetona, sombra, esmaltes, entre outras coisas. Sempre ouço falar que a qualidade dos produtos é ótima, ainda mais se levarmos em consideração o preço, que é baixo. Os esmaltes custam, em média, R$1,89. E como é um franquia, você não vai encontrar por mais que isso. Digo “em média”, porque na webstore deles alguns esmaltes custam R$1,29. Sim, eles vendem online, o endereço é www.panvel.com.br. Só fiquei chocada com o valor do frete, que aumentou uns R$10 da última vez que simulei uma compra, mas como vou viajar “mais pro Sul”, não reclamo :D.

Clique para continuar lendo →