Café Creme – Impala

June 21, 2010 in Impala

Se tem uma coisa que eu adoro, é um desafio. Basta falar “duvido que você faça/use” que eu vou lá e faço. A não ser que o desafio seja sair correndo pelada na rua, eu sempre cumpro.

Não foi diferente quando a Maricy me desafiou a usar um esmalte nude ou marrom. Lógico que a “penalidade” dela seria usar um esmalte azul. Pra quem não conhece a Mari, ela é a louca dos rosas e vermelhos, nunca usa(va) nada muito diferente disso, nos últimos tempos ela tem ousado horrores.

Já é a segunda vez que ela me desafia, a outra foi no início do ano, quando conheci ela ao vivo e usei aquele esmalte de vó lindo. Vocês já sabem o ódio que eu tenho por esmalte nude, então decidi usar um marrom, porque a última vez que lembro de ter passado o Café, foi nos meus passados 14 anos… gente, não acredito que eu já tenho mais de 20 anos, vou chorar!

Ok, foco.

Usei o Café Creme, da coleção Muito Luxo.

Duas camadas

Essa não é minha cor favorita, mas não posso deixar de dizer que esse esmalte tem muito brilho! Usei só duas camadas, sem top coat. Só que a segunda camada acabei passando grossa demais e ele ficou todo marcado do lençol. Apesar dos amassadinhos, ele continuou brilhando muito, fiquei com dó de passar um top coat pra corrigir, queria que vocês vissem o brilho “natural” dele.

Não sei se ele tem aquela vibe Particulière, também nem procurei saber, porque Chanel só faz cor feia. E quando faz bonita, descasca em 24h ¬¬.

Perceberam a melhora das cutículas em relação ao esmalte anterior? Enquanto estava com o Brisas, hidratei muito as coitadinhas com a cerinha da Granado e mais dois creminhos que eu recebi junto com os esmaltes da Passe Nati.

Na época que usei esses creminhos direto, não só minhas cutículas estavam ressecadas, mas minha mão inteira estava desidratada e descascando.

Ambos são bons, mas o meu favorito é o Luvas de Silicone. Ao contrário do da Avon, não é necessário reaplicar o produto após lavar as mãos, mas eu fiz isso do mesmo jeito, porque ele tem cheirinho de sabonete Pom Pom e é uma delícia! hahaha

Agradeço aos dois a rápida recuperação das cutículas e da pele das mãos. Só faltava a BioSegredo participar da Aliança do Esmalte ;~

Nude Clássico – Impala

May 26, 2010 in Impala

Sou muito ousada, resolvi usar NUDE. Não é todo dia que algo extraordinário assim acontece, ainda bem que tenho o blog pra registrar e compartilhar.

Pra quem tá acostumada com os verdes da vida, ousadia mesmo é usar esmalte cor de nada. Sempre achei bonitinho nos outros, até tentei usar algumas vezes, mas acabava tirando na hora. Dessa vez a coisa foi diferente, fui forte e agüentei TRÊS dias, quem se orgulha?

Tá que não dá pra falar “MEU DEUS QUE COISA LINDA”, mas ficou fofo. O Nude Clássico da Impala combinou direitinho com a cor da minha pele, ele tem um fundinho rosado que contribuiu muito pra que eu gostasse dele.

Usei 2 camadas e a cobertura ficou ótimo, sem branquinho da unha aparecendo nem nada. Mais bonito que ele (eu acho) só o Ju da Fina Flor, mas esse não fica muito nude pra mim, vou ter que usar em todos os dedos pra dar o veredicto final.

Pronto, já podem fazer o chat de costume nos comentários, quero ver o monte de #mimimi cor de dedo que vai aparecer.

*:

Santo Luxo

April 26, 2010 in Impala

E é claro que eu ia usar o Santo Luxo depois de perceber que de toda a coleção Muito Luxo da Impala ele foi preferido de muita gente que freqüenta o Loucas.

Como eu disse, ele é um verde musgo escuro com brilhos que só consegui fotografar no sol, olha só:

Na primeira camada o Santo Luxo é muito feio, parece um verde lavado com sujeira, na segunda ele fica mais bonito, mas só na terceira ele vira essa coisa linda e diferente. Minha vontade era usar um esmalte preto por baixo e só uma camada do Santo Luxo, acho que ficaria mais lindo ainda, só que preferi ele sozinho pra mostrar a “cor real” do esmalte.

Demorou MUITO pra secar, tanto que estraguei várias unhas. Eu sei que um pouco da demora é pelo número de camadas que usei, mas o esmalte demora mesmo pra secar, nem o spray secante deu conta.

Daí que eu fui pro exterior, leia-se Paraguay, e por lá encontrei plaquinhas da Konad. Só tive vontade de ter plaquinhas depois de ver as da Coraline, mas Salto del Guairá não é New York e só achei umas plaquinhas básicas, mas tudo bem.  Como já ia tirar o Santo Luxo, que insisto em chamar de Puro Luxo sabe-se lá por que, resolvi testar minhas habilidades com o carimbo.

Acho que pra primeira vez tá ÓTIMO. Eu sei que faltou um pedaço do coração, que as estrelinhas não saíram inteiras, que o laço eu carimbei pra fora, que na estampa o esmalte ficou amontoado e longe da cutícula, mas do monstrinho ninguém pode falar na-da, o MONSTRINHO FICOU INTEIRO!

Paguei $17 em um jogo com 2 plaquinhas, os acessórios para carimbar e três esmaltinhos, mais barato que no Ebay. Depois comprei mais 3 plaquinhas soltas e paguei entre $3 e $4 em cada, mas como eu sou rabuda a tia paraguaya ao invés de cobrar 2 plaquinhas cobrou 1 só, como não sou de boa índole e a tia paraguaya não foi muy simpática comigo, fiquei quieta e saí feliz economizando meu rico dinheirinho.  Mas as compras no Paraguay eu deixo pra outro post.

Gostaram do Santo Luxo? Eu achei phyno, é a maior inovação da Impala para a coleção Muito Luxo.

*:

Swatches Impala Muito Luxo

April 19, 2010 in Coleção Completa, Impala

E  é claro que a Impala ia lançar uma coleção inteirinha (e gigante) para o outono/inverno 2010, a espera pela coleção Muito Luxo pareceu uma eternidade, ansiedade mode on, mas chegou, né? São 12 cores lindíssimas inspiradas nas tendências e apostas da temporada.

“A coleção Muito Luxo está repleta de sentimentalismo, além de resgatar o glamour dos momentos poéticos da vida e a elegância feminina, rica em seus mais delicados detalhes” Victor Munhoz, gerente de produtos da Divisão Impala.

Clique para continuar lendo →