Esmaltes artesanais

22 de November, 2012 em Geral by Loucas Por Esmalte

Já mostramos aqui no blog alguns esmaltes da Penélope Luz e, para quem não sabe, estes esmaltes são feitos por ela, por isso chamamos de esmaltes artesanais. São todos criados e envasados por ela mesma, por isso o valor é diferenciado. Não só o valor, já que os glitters que ela produz são diferentes do que temos no mercado convencional, existe todo um cuidado especial na hora de produzir os esmaltes :)

A Penélope fez esmaltes tão lindos que acabou popularizando este ~novo mercado~ e outras meninas também começaram a vender seus esmaltes artesanais; como ela é minha amiga (até já apareceu no EaL) convidei para dar uma entrevista sobre os esmaltes que ela faz, assim aproveito e mostro algumas das criações dela de uma vez :)

Abaixo as perguntas e algumas fotos dos lindos que ela produz.

– Por que você resolveu começar a fazer os próprios esmaltes?

Eu sempre adorei misturar esmaltes e criar novas cores, faço isso desde os 11 anos! Há pouco tempo eu desejava muito esmaltes diferentes, com glitters variados, que as grandes marcas não produziam, então comecei a misturar vários glitters para criar o que eu queria. As meninas viam e me pediam para fazer para elas também, até que um grupo de americanas com quem tenho contato no Facebook, conseguiu me convencer a fazer para comercializar. Me ajudaram a conseguir fornecedor no exterior, me apresentaram meninas que já fazem produção independente de esmaltes nos EUA, e então vi que era possível, que poderia ser muito interessante, e comecei. :)

– Como tem sido a recepção dos consumidores e também dos parentes/amigos que não tem relação com esmaltes?

A melhor possível! Eu não imaginava que a recepção fosse tão grande e positiva, especialmente por causa do valor, mas para minha surpresa, a maioria das pessoas que não são loucas por esmaltes como nós, sabem valorizar o trabalho artesanal, e dão mais valor ao produto justamente por ele ser feito à mão. Já vendi até para a caixa dos Correios (e depois para a irmã e a cunhada dela), que via os esmaltes nas minhas unhas quando eu ia postar encomendas e ficava encantada.

– O que eles acharam dessa sua nova empreitada?

Todos dizem que é um ótimo negócio, que devo investir e fazer crescer. :)

– Quais os cuidados você toma para manipular os ingredientes, já que são produtos químicos?

Eu não misturo componentes químicos como um químico faz, eu misturo o produto que foi criado por um químico, recebeu o aval do órgão responsável e já está pronto pra consumo e comercialização, e apenas produtos que foram criados para se misturarem. A diferença é que em vez de misturar tudo em um imenso galão industrial, mistura dentro de um vidrinho de esmalte. Em vez de serem máquinas imensas chacoalhando, é minha mão que chacoalha. Procuro usar luvas e máscara, porque uma coisa é você abrir um vidrinho de esmalte e esmaltar, outra é passar horas e horas sentindo aquele cheiro de esmalte. Mas não tem perigo algum de explodir nada! :P

– O que inspira você a criar novas cores?

Ah, muitas coisas, desde filmes até momentos especiais da minha vida. :)

– Qual a melhor coisa de produzir os próprios esmaltes?

Ter sempre um esmalte perfeito para mim. :) Eu sempre faço esmaltes para mim, e então coloco à venda para quem gostar também. Não faço nada pensando se vai vender muito ou não, se vai ser tendência disso ou daquilo, se vai agradar gregos ou troianos. Faço sempre esmaltes que me agradam, que têm meu gosto, que eu usaria feliz até a última gota. Só assim me sinto bem em assinar o meu nome neles. :)

– Qual o esmalte que faz mais sucesso?

Yin Yang, sem dúvidas. Todas adoram a mistura de glitter preto e branco. :)

– Quantos esmaltes você já criou?

No total, não tenho idéia, mas com certeza passou dos 100. Para comercialização, até agora criei 30 cores, com 19 já lançadas. :)

– Você pretende criar novas cores? Com que frequência?

Ah sim, vou criar sempre, isso é inevitável, as possibilidades são muitas e sempre tem algo para se criar! A frequência eu ainda não sei muito bem. Ainda estou engatinhando nisso, então penso em datas comemorativas (como o Outubro Rosa, quando lancei 4 cores com rosa), mas embora eu sempre esteja fazendo novas cores, pretendo ir lançando aos poucos, para dar tempo das meninas se familiarizarem com cada uma delas.

– Qual o maior diferencial dos esmaltes artesanais para os esmaltes “tradicionais”?

Eu penso que é o carinho com que fazemos os vidrinhos, o cuidado, a qualidade do que é feito um a um, e além disso, não estamos preocupadas com metas de mercado, tendências de moda, nada disso que deixa uma produção um pouco impessoal. Cada um dos vidrinhos que criamos é como um quadro de um pintor, é uma obra-de-arte em forma de esmalte. Como a produção é artesanal, não é um esmalte que vende em qualquer lugar, então tem aquele ar de exclusividade, de estar usando um produto especial. :)

– De todos os esmaltes que você já criou, qual seu favorito?

O que mais usei foi o Pandora, mas não é ele que acho o mais lindo. Fico em dúvida entre o Indian Holi e o Pink World. Acho que é o Indian Holi mesmo, achei a combinação de cores dele linda.

– Agora que você produz esmaltes tão lindos, deixou de usar os industrializados?

Não, não, continuo comprando muitos cremosos para usar como base para os esmaltes artesanais. :P Falando sério, eu sou louca por esmalte, logo, quero tudo, industrializados e artesanais! \o/

____

Bem que alguma empresa podia contratar a Penélope para desenvolver esmaltes, estão comendo mosca :P O mercado ainda não está saturado, desde que se produzam esmaltes diferentes e bonitos. Sozinha ela conseguiu criar mais de 30 glitters e eles nem se parecem um com o outro, pelo contrário, dá vontade de ter todos :P

Tem mais fotos dos esmaltes no Flickr dela e também no blog (está rolando até uma promoção de estréia) para ficar por dentro das novas cores e datas de venda dos esmaltes (pois eles esgotam rápido) visitem a fan page.