Fotografando o esmalte

20 de May, 2010 em Dicas Úteis by Bianca de Neve

Motivada pelos comentários no post Galeria de Esmaltes, resolvi fazer esse “guia” fotográfico. LÓGICO que não chego nem perto de um entusiasta da fotografia, eu só gosto de tirar algumas fotos, isso não quer dizer que eu CONSIGA o feito. Fotografar esmaltes é relativamente fácil, já que as duas coisas que importam em uma foto de “mão” são o foco e a fidelidade da cor, o resto é secundário.

Porém, mesmo secundário, não deixa de ser importante. Eu acho muito criativas as fotos em que meninas seguram maçãs, celulares, cadernos, etc, mas esses itens acabam distraindo e o que era pra ser principal (o esmalte), fica em segundo plano. Ressalto que esse post vai de acordo com as minhas preferências e eu só estou mostrando como faço, nada disso é regra e as minhas dicas não são absolutas (somente a Kamyllah o é).

Aqui no blog eu gosto de fotos simples, objetivas. Padronizadas só no dia que eu tiver TOC, ahahha. Vocês sempre vão ver as unhas em destaque, geralmente, com uma mão segurando o frasquinho do esmalte utilizado. Claro que não é regra, mas a base é sempre essa, afinal, o colar da Fernanda é lindo, mas o blog é sobre esmaltes.

Então, vamos às apresentações! Essa é a minha câmera:

Ooooi câmera da Bianca!

É uma compacta simples. Uma Sony Cyber-shot W55, ela é azul bebê e espero que ninguém tenha uma igual :P. É uma câmera como qualquer outra que você compra por aí. Mentira, eu adoro as câmeras da Sony, só vou trocar de marca quando tiver grana pra comprar uma reflex da Canon.
Lembro que quando vi ela azulzinha já gamei, mas fui em busca de especificações pra não me decepcionar, a única coisa que eu queria na câmera (além de ser da Sony) era a funcionalidade macro.

O macro é utilizado para tirar fotos de perto. Quer dizer, você consegue tirar foto de qualquer coisa, mas nem sempre obtém foco, é aí que entra o macro. Mais adiante eu exemplifico.

Agora vou mostrar onde eu tiro foto dos esmaltes. Foto da mão eu costumo tirar perto da janela, com luz direta ou indireta do sol, sentada no sofá, mas dos esmaltes enfileiradinhos e bonitinhos, não. Eles são fotografados em um “mini estúdio”, esse aqui:

“Oh não, vão nos ver em momento íntimo!”

Hahaha, chocadas com a bagunça? Pois é, tem esmalte espalhado pelo quarto inteiro, inclusive em cima da cama (mas só durante o dia). Esse é o lugar onde costumo fotografar, é a parte de cima do meu gaveteiro. Mas como faz um tempinho que não tiro fotos, fui acumulando as coisas aí em cima, já que é prático. Aí estão os últimos esmaltes que usei além dos que fiquei com preguiça de guardar depois de fotografar para os futuros posts, além é claro to meu talco para chulé o pé, desodorante, canetas, papéis… A necessaire da Fina Flor vai ter um post específico, mas depois 🙂

A “parede” de isopor é a parte de trás do cenário do mini estúdio. Acho que dá pra ver as tachinhas prendendo as folhas brancas de papel, não é? A folha branca foi uma opção minha, estou querendo usar uma preta, que nem a Camila faz, mas não encontrei para vender ainda. Dependendo da cor do esmalte é mais fácil usar um fundo escuro.

Basicamente, o que eu uso para fotografar é isso aqui:

Esmalte (dã), câmera, tripé, folha de papel sobre uma superfície “não poluída”.

O tripé é opcional, comprei por $1,99 no DX, só uso ele para fotografar os frasquinhos de esmalte e nem sempre. A folha branca serve para fazer o fundo se você não quiser inteferência do ambiente nas fotos.

Depois de limpa a bagunça o “estúdio” ficou assim:

Nem parece que tinha tanta coisa aí em cima, hein?

É aqui que eu vou falar do macro.
Se sua câmera não tem a opção de macro (ou não está ativada), as fotos sairão boas até uma certa distância, que é o que sua lente aguenta. Todo manual tem o mínimo e o máximo em centímetros do mais perto e mais longe que uma lente aguenta. Assim como fotos de muito perto sem macro ficam sem foco, fotos de muito longe também não vão ter foco, ao menos não o que se espera.

Macro é essa florzinha, do lado direito, perto do meu dedo.

Falando em foco, o dito cujo passou longe dessa foto… HAHAHA.
Na minha câmera é muito simples ativar o macro. Eu clico naquele botãozinho que mostrei acima e ele aparece ativo, tipo “on” e “off”.

Macro on!

Agora a diferença entre uma foto com macro e sem macro.

Macro on

Claro que quando essa opção está ativada você não pode simplesmente apertar o botão da câmera, precisa esperar a lente focalizar o que você quer, nem sempre é tão fácil. E, óbvio, com uma câmera simples dessa você não vai conseguir foco a 1mm de distância, talvez 1cm se tiver sorte, boa iluminação e etc.

Macro off

O efeito não ficou ruim pra essa foto, mas digamos que não houvessem os hits lá atrás. Pronto, sua foto seria tosca, sem foco e sua moral iria lá embaixo. Sem falar que nem perto da Galeria de Esmaltes uma foto assim passaria. É isso o que geralmente acontece.

Poxa gente, as câmeras de hoje em dia têm LCD, não tem desculpa pra foto ficar ruim, é só OLHAR antes de apertar o botãozinho. Fotografar a mão não é tirar ego shot, você sabe o que está fazendo. E eu não conheço nenhum celular que tenha a opção de macro, aliás, foto de celular é uó, só para aqueles momentos raros, em que você não tem uma câmera a mão ou quando precisa fotografar disfarçadamente. Tipo essa daqui:

Olha que LADRÃO esse Big de Florianópolis. Absuuuurdo!

Com uma câmera levinha, é super fácil fotografar esmalte, cuida só:

Acho que o mais importante em uma foto é o foco, junto com o enquadramento. Mas se minha sobrinha de 3 anos consegue centralizar uma pessoa na foto, qualquer pessoa consegue alinhar 4 dedos na câmera, né? hahaha

Eu queriiiia ter feito um post melhor, mais “útil”, mas saiu isso aí, hahaa.
Espero que ele ajude as minhas leitoras. 🙂
E também aquelas que fazem blog de esmalte para ganhar brindes, mas tiram foto com o celular. ¬¬

APRENDA A FAZER SUAS UNHAS EM CASA SEM USAR ALICATE!