Flor de Lótus – Jade

18 de October, 2012 em Jade by Bianca de Neve

E nem só de esmaltes holográficos vive uma marca. Bom, no caso da Jade bem que poderia ser verdade, tenho certeza que o sucesso dela se deve aos holos, mas hoje eu vim mostrar um esmalte cremosinho ~comum.

Eu tinha prometido a mim mesma que não ia mais comprar esmalte ~tóxico, salvo os de efeitos e cores muito diferentes – tipo holográfico -, mas toda vez que ia na perfumaria e via aquele monte de Jade sentia vontade de comprar os holográficos de novo (e olha que já tenho alguns de estoque). Daí pra não passar vontade comprei o Flor de Lótus.

O Flor de Lótus é aquele tom de roxo safado: não é fotogênico, seca sem muito brilho e tenho certeza que vai desbotar daqui uns 3 meses, por isso usei logo que comprei.

Notem que a minha vontade de usar um roxo assim devia estar enorme e não foi sanada pelo esmalte de bunda, pois é quase impossível eu usar um esmalte recém comprado. Gosto que os mais novos se enturmem com os idosos e aprendam a hierarquia da coleção respeitando o espaço alheio (leia-se cabô espaço na gaveta e cês vão ficar na volta do PC).

A aplicação foi fácil, duas camadas tranquilas, mas ele seca mais rosado na unha do que no frasco, o que é meio desbundante. Como o brilho dele não é grande coisa passei top coat e daí sim amei. O top coat deixou ele mais roxo, não sei se é exclusividade da Cobertura Intensificadora da Cor da Colorama, mas essa mudança de cor melhorou o emalte, deixando ele mais parecido com a cor do frasco.

Eu acho a Jade uma marquinha simpática: fizeram holográficos lindos e não mudaram a cor ou efeito deles, atenderam o pedido de mudança de nome de um esmalte e o preço é bem amigo, até mesmo dos holos. Sem falar no frasco, não é uma embalagem comum e acho divertida essa tampa alongada. Fui com a cara, sabe?

Só consigo ver um ponto negativo na Jade: não ser hipoalergênica/3free. Vai gente, não deve ser muito difícil, esse ano apareceram vários lançamentos 3free, é só se esforçar um pouquinho.