Turmalina – Risqué

April 24, 2010 in Risqué

Depois de uns mil anos, eu usei um esmalte da Risqué de novo :O.

Não que eu tenha algo contra a marca, pelo contrário. No início da minha coleção os Risqués eram maioria, tanto em quantidade total como em usados. Pra falar a verdade, depois de quase um ano, só a Impala emparelha com Risqué no quesito “marcas que mais usei”. E é empate, só usei 23 esmaltes de cada marca. E se não fosse pelo Desafio Impalístico, duvido muito que teriam se aproximado.

Eu gosto da Risqué, os esmaltes são fáceis de aplicar, secam relativamente rápido, têm boa pigmentação, todas essas coisas. Só acho eles pouco inovadores, ainda mais agora que já conheço um milhão de marcas e almejo coisas menos acessíveis. Mas isso quem fala sou eu, uma neurótica que compra um esmalte, provavelmente igual a outro, só porque é de uma marca diferente. Para o consumidor padrão, a Risqué tá certa, e parece ser bem inovadora. Ela, a Colorama, a Impala. Mas eu gosto de reclamar e quero sempre mais :P. E se não fosse por isso, as empresas não se empenhariam tanto em nos agradar.

Agora chega de ladainha, tenho que mostrar o esmalte, né? haeaheae Com vocês, Turmalina, da coleção Jóias Místicas!

Duas camadas, com flash apenas.

Clique para continuar lendo →

Lápis Lázuli – Risqué

April 13, 2010 in Risqué

Aê, usei mais um esmalte da coleção Jóias Místicas, agora só faltam 4 (desespero). O escolhido da vez foi o Lápis Lázuli, que eu só aprendi a falar o nome depois de ver a Ximenes na TV pronunciando. Oi Risqué, vocês precisam por acento nas embalagens de esmalte, até ontem eu falava LA-ZÚ-LI, e não LÁ-ZU-LI. Enfim, olha como ficou:

Usei 2 camadas generosas e não consegui tapar o branquinho da unha, mas abri mão da terceira pois o efeito não estava me incomodando, só que eu sei que muita gente ODEIA o branquinho aparecendo, então podem se preparar para 3 ou 4 camadas.

O tom de azul é lindo e o fosco deixa digno. O problema é que com os dias o fosco vai saindo, então você precisa de um matte pra recuperar o fosco ou abrir mão e tacar um extra-brilho por cima. Não rola deixar no meio- termo, fica muito feio, com uma aparência horrível de engordurado.

O Lápis Lázuli na mão parece uma mistura de corretivo com tinta de caneta Bic azul, é muito engraçado, não dá pra parar de olhar. Da coleção toda, ele é o mais ousado, não visualizar muita gente usando ele de boa, rs.

Gostaram? Eu gostei, mas prefiro o Pedra Granada.

Meninas, a semana mal começou e já está corrida pras três frescas que escrevem aqui, então nos perdoem pelos posts tardios, ok? Ontem a Camila me falou que ta tão apurada que nem esmalte estava usando, vê se pode, falei que vamos precisar conversar seriamente sobre essa atitude rebelde dela, cof cof.

Beijos *:

Swatches Jóias Místicas – Risqué

March 22, 2010 in Risqué

Antes tarde do que nunca, né? Finalmente apresentamos pra vocês os swatches da coleção outono/inverno 2010 Risqué.

O lançamento da coleção Jóias Místicas aconteceu no SPFW e é a 12ª edição da parceria com o renomado estilista Reinaldo Lourenço. A coleção é composta por 3 esmaltes foscos: Pedra Granada, Topázio Púrpura e Lápis Lázuli; e 3 esmaltes brilhantes: Diamente Roxo, Citrino Nude e Turmalina.

Eu e a Bianca dividimos os esmaltes para fazer os swatches, por isso ela vai aparecer aqui de intrometida depois.

Vamos lá, eu fiquei com esses três:

Veio faltando algumas mls do meu Lápis Lázuli 😡

Clique para continuar lendo →