TOP 3: Craquelado

3 de September, 2013 em Geral by Loucas Por Esmalte

O top 3 de de Setembro também não é uma cor, mas um acabamento há muito esquecido. Para alegria de umas vamos retornar com o CRAQUELADO!

Acabamento polêmico: quem gosta adora e faz combinações inusitadas e quem não gosta simplesmente odeia e ainda xinga quem usa (ok, exagerei ahuae).

Aqui no LPE até que aproveitamos bastante a onda de craquelados, mas com a constante chegada de novidades a gente nem consegue enjoar direito de nada. E já que o LPE é um blog atemporal e no mundo dos esmaltes não tem essa frescura de ~saiu de moda~, esse mês queremos ver todo mundo colocando diluente nos craquelados pra fazer eles voltarem a funcionar! haha

BARRYM-crocBianca

Meu primeiro craquelado também foi da Barry M, o Black Magic, mas era daquele craquelado “tradicional”, com as rachaduras mais abertas e que podia ser aplicado sobre esmalte completamente seco. Dessa vez resolvi estrear o Croc, que minha amiga (oi, Sarah!) trouxe da Inglaterra.

O Croc precisa ser aplicado sobre esmalte úmido. Pode ser em seguida de passar mais uma camada (de esmalte ou top coat), pode fazer alguns minutos que foi passado, só não pode estar completamente seco. Ele até craquela sobre esmalte seco, mas não fixa na unha, e é só passar o dedo pra sair tudo.

Olha, eu curti bastante o efeito, mas QUE DIFICULDADE. Tô aqui no RS e tá fazendo um frio gostoso, mas descobri que com toda essa umidade dos dias de chuva essa coisa não craquela direito. E é preciso usar camadas MUITO MUITO finas. Finas do tipo, quase sem esmalte no pincel.
O único dedo que craquelou direito nessa foto foi o indicador e eu refiz todos eles umas 5x pra conseguir um efeito melhorzinho. A foto tá meio ruim, porque né, tava nublado e ainda não encontrei um bom cantinho pra fotografar aqui na casa de mamai. O Croc tem brilho, ao contrário dos craquelados ~normais que secam foscos. Também leva uns minutinhos pra começar a craquelar, mesmo com camadas finíssimas. E o esmalte de baixo é o Samba, da Ana Hickmann. Ufa.

Esmalte CraqueladoFernanda

Não gosto de craquelado, não sei usar craquelado, então ignorem o indicador, eu realmente não sei o que aconteceu com ele, rs.

Nunca me dei muito bem com esse acabamento (só uma vez), tanto que depois de algumas tentativas frustradas,  acabei doando todos meus craquelados, só sobrou o Cacilda da Rivka.

Bom, mas deixando de lado as rachaduras, a cor do Cacilda é bem bonita, lembra bastante o Lara da mesma marca e o Havaí da Ellen Gold.

Esmalte CraqueladoCamila

Eu amo craquelados! Quero todos! haha Gosto mais de ver o efeito do esmalte secando e rachando do que o resultado final em si. Acho que por isso que não consegui ainda ver graça em esmaltes magnéticos: você não consegue ver o desenho se formando sob o imã.

Queria usar um tom sobre tom, com craquelado azul clarinho com azul escuro por baixo, mas não achei os esmaltes por aqui. Minha gaveta tá bagunçada ou tá bagunçada? Bom, achei o Skid da Top Beauty e foi ele mesmo. Passei uma camada dele sobre um preto cremoso. Eu acho que alguns craquelados ficam mais bonitos com extrabrilho, mas no caso do Skid, dispensei porque ele já tem um acabamento metálico, achei que não precisou. A única coisa ruim dele foi ter encolhido um pouco o esmalte das pontas das unhas.

Passei uma vez craquelado nos pés, mas ficou tão assustador que nem fotografei. Se bem que até hoje não sei se foi o craquelado ou a combinação (vermelho com verde pastel) que usei que foi o fail (ou o combo todo haha).

Sem torcer o nariz, queremos ver todo mundo participando do álbum da nossa fan page!