Creme Mãos e Unhas – CascoCare

17 de Setembro, 2014 em Hidratação by Bianca de Neve

Esse hidratante me deixou dividida. Tenho ele há muito tempo, mas só recentemente “chegou a vez” de ser usado. Um dos motivos de sempre ter protelado o uso é o aroma dele. O cheiro está bem longe de ser o que eu considero gostoso, mas também não chega a ser irritante, só não é aquilo que eu chamaria de cheiroso.

Com o tempo eu fui me habituando ao perfume e hoje em dia quase não me incomoda, só nos minutos iniciais, após aplicar o produto nas mãos.

CASCOCARE-maoseunhas

Outra coisa que me deixava receosa com esse hidratante é que além desse cheiro meio marcante, ele é muito líquido. Ele é mais aquoso do que os outros hidratantes que já experimentei e pra mim isso é péssimo, pois transpiro demais nas mãos. Qualquer produto que eu passe nas minhas mãos automaticamente já faz elas transpirarem, quando ele é mais líquido a impressão é de que nunca vai ser absorvido e eu vou só transpirar mais e mais.

Nesse caso eu preciso pegar um pouquinho (uso pouco sempre), espalhar pelas mãos e ESPERAR. É rápido, 2 ou 3 minutos sem tocar em nada e de preferência sem pensar nas minhas mãos, pra elas não ficarem ~nervosas, hauhua. Se eu não fizer isso, meleco todos os objetos que pego, fico nervosa por isso e daí maisss transpiração, o que evita o produto de ser absorvido. Então digamos que é um pouquinho complicado qualquer hidratante dar certo pra mim.

E por que meu frasco está no fim e eu aturo tudo isso? Por dois motivos:
- uso quase nada de produto pras duas mãos
- a hidratação compensa

Logo que comecei a usar (lá por Abril) o CascoCare, estava prestes a mandar embora. Não estava disposta a aguentar aquele cheirinho e a fórmula aquosa, mas fiquei encantada com o poder de hidratação… DAS CUTÍCULAS.

CASCOCARE-maoseunhas2

Ando num relaxo ímpar com as cutículas, só tenho usado o Mira Cuticle entre uma esmaltação e outra, fora isso nem lembro de olhar pra elas. E eu estava nessa de só usar MC e hidratante para mãos, mas vivia reclamando das cutículas, que não estavam pequeninhas, ainda ficavam meio “coladinhas”, etc.

Hoje em dia eu lembro das cutículas e penso “putz, devem estar horríveis”, mas olho pra elas e estão ok, todas no lugar, nada de rebeldia. E isso sem eu usar outros produtos, quando passo algo é o CascoCare e nem sempre é todo dia. Só posso dar esse mérito ao creme de cheiro duvidoso e fórmula blé, mas com eficiência comprovada.

O interessante é que eu nunca prestaria atenção num produto desse se visse numa prateleira; e se cheirasse antes de comprar, certamente deixaria na loja. Perfeito não é, mas foi o primeiro hidratante de mãos que me fez não precisar usar mais nada nas cutículas, no momento minhas cerinhas estão guardadas (provavelmente apodrecendo, huauha).

A linha CascoCare faz parte da Casco de Cavalo que é produzida pela Maru. Atualmante o rótulo desse produto mudou, em vez de CascoCare vem Casco Cavalo escrito na frente, dá pra ver aqui no site. Não faço ideia de quanto custa, acho que nunca vi pra vender, não sei nem como ele apareceu aqui em casa, hauauhhau.