Coleção Militar – Fina Flor

16 de July, 2015 em Coleção Completa, Fina Flor by Bianca de Neve

Press Kit

Novamente a Fina Flor traz uma coleção com as tampinhas dos esmaltes enfeitadas. Ao contrário da anterior que tinha um papelzinho apenas encaixado nas tampinhas, essa vem com a estampa adesivada. Então não há o risco de pegar os esmaltes pela tampa e derruba-los, que era o maior problema da coleção Animal Print.

FINAFLOR-militar

São 4 cores relacionados à temática militar, como o nome da coleção sugere. Não tenho muita certeza se esse laranjão queimado se enquadra tanto assim, mas no geral gosto das cores.

FINAFLOR-brigada

Brigada (2 camadas) – marrom médio, bem fluido, mas cobre bem. Não sou mto fã desse tom, acho que fica esquisitinho na minha mão.

FINAFLOR-esquadrao

Esquadrão (2 camadas) – nude levemente acinzentado com shimmerzinho bem fininho, bem cor de nada. Não achei feio, gostei bastante, mas ficou meio ~desaparecido nas minhas unhas.
FINAFLOR-tropa

Tropa (3 camadas) – todos os esmaltes da coleção têm a fórmula meio aguadinha, mas o tropa precisou de 3 camadas pra ficar com cara de bem passado. É um laranja queimado bem levemente terroso, lembra o Savana da própria marca e o Fagulha/Capadócia da Colorama.

FINAFLOR-infantaria

Infantaria (3 camadas) – passei a terceira camada porque deixei falhado perto da cutícula em uma unha e quis deixar tudo igual, mas se aplicar direito não precisa. Verdinho amarelado, com tom levemente sujinho, gosto bastante de tons assim <3

No geral a coleção é legal porque as cores ornam entre si e fazem sentido com a temática, mas, sinceramente, não sei bem o que achei da fórmula dos esmaltes…

Apareceram algumas bolinhas em certas unhas, isso eu assumo minha culpa. Assumo naquelas, boto na conta do calor, hahaha. Mas a aplicação não foi das melhores, achei que todos os esmaltes ficaram meio marcados nas unhas, sem aquele aspecto lisinho e bonito que a gente gosta, sabe? Pensei que poderia ser a minha base já antiga e troquei. Testei até sem base e não vi diferença. Acho que o problema pode ser é no pincel usado, cerdas meio duras, que acabam marcando as pinceladas de um jeito estranho, especialmente por serem esmaltes cremosos.

Claro que dá pra resolver o problema passando um top coatzinho pra disfarçar tudo, mas eu gosto que os esmaltes já sejam “completos”. Vou ver se uso alguma das cores com outro pincel uma outra hora e se há diferença.