Coleção Animal Print – Fina Flor

15 de August, 2011 em Geral by Bianca de Neve

A Fina Flor sempre dá um jeito de inovar nas suas coleções de esmaltes, né? A coleção Camaleão foi sucesso absoluto e confesso que não sosseguei enquanto não coloquei as mãos nos meus duochromezinhos. Agora o lançamento deles é uma “roupinha” para os esmaltes. Associaram as tendências em cores das passarelas com estampas de animais, que sempre voltam nas peças de inverno.

Vou ser sincera – e chata – eu detesto roupa com estampa, principalmente de bicho. Acho feio, over, não uso (mas tenho um sapato de vaquinha, com pelinho e tudo, HEAOHEAIO).

Só que não dá pra dizer que essa coleção não combinou, tenho que dar o braço a torcer e dizer que ficou tudo bonitinho, muito bonitinho.

Algumas cores não são novidade, mas acho que os esmaltes combinam com a temática, ou, ao menos, com a estampa da tampinha, haha. A tampa não é assim, é apenas uma capinha de papel e é necessário tirá-la para abrir o esmalte.

‘Bora ver os esmaltinhos nazunhas.

Galápagos (3 camadas): é designado como um lilás. Na verdade é um roxo entristecido, é mais acinzentado do que está na foto, a primeira foto – do frasquinho – está com a cor mais fiel. Lembra o Audrey, da Impala, e só precisei da terceira camada porque o acabamento ficou ruim com duas. Dá pra ver na foto, né?
Galápagos é o nome de um arquipélago formado por 58 ilhas, é lá que encontramos as tartarugas gigantes. A “roupinha” verde da tampinha lembra um casco de tartaruga.

Pantanal (2 camadas): roxo avermelhado. Veio grosso e fica com aspecto de manchado/esmalte gasto, achei meio chato de passar, inclusive usei um pouco de diluente pra não fazer muita caca nas unhas.. Essa cor é exatamente o que acho que deve ser um esmalte chamado UVA. Pena que os fabricantes não concordam comigo.
Pantanal é aquela região alagada que fica nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, apenas 1,3% da área é reconhecida pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade. Adivinha o que tem em áreas pantanosas? Crocodilo Dundee! Jacarés! Que é a estampa que “ilustra” a tampinha desse esmalte (eu acho que é inspirada em jacaré, ehauea).

Safari (2 camadas): é dito como um vermelho escuro, mas só reparei nisso quando anoiteceu e vi a cor sob luz artificial. Lembrei do Saucy Red da Eyeko, mas o Safari é mais escuro mesmo… Seca rápido, cobre bem, tem brilho. É vermelho, né gente? Cor mais básica do mundo, toda fábrica tem a fórmula perfeita pra essa cor, ahahah.
Safári (yéis, descobri que tem acento enquanto fazia o post) é o termo usado para designar uma expedição a lugares selvagens, o mais comum deles é a África, onde ficam nossas amigas zebras, que, gentilmente, cederam sua pele para enfeitar a tampinha do esmalte mostrado acima.

Savana (2 camadas): um laranja queimado LINDO, meu favorito dessa coleção! Eu sempre gostei de esmalte laranja, o problema é que a cor não gosta muito do tom da minha pele, então é difícil achar um que fique bonito, mas amei o Savana ♥. Acho que ele é parecido com o Fagulha da Colorama, mas não tenho pra comparar.
Savana é aquela região seca da África com vegetação baixa e poucas árvores, casinha das girafas, animais mais esquisitamente legais que existem. Achei que a estampa da capinha combinou muito com a cor do esmalte :D

Selva (2 camadas): quando vi ele a primeira vez, pensei no Eterno da Colorama, mas quando fui realmente testar o esmalte, olhei com mais cuidado e já no frasquinho percebi que ele não era um cintilante qualquer. O Selva tem a base preta e shimmer roxo (entenda por shimmer os “brilhinhos”). Fica mais visível ao vivo, mas na foto só consegui captar usando o flash, dá pra ver?
Todo mundo sabe o que é uma selva, não é? Fiz uma pesquisa tosca na internets e ACHO que a estampa da tampinha é de onça, já que o leopardo “têm manchas menores, escuras e de cor sólida“. Tem onça na selva, não tem? ehauhua

Siberian (2 camadas): azul metálico que fica muito mais bonito nas unhas do que parece no frasco. Azul metálico é uma cor que eu ando bem enjoada, mas esse é tão lindo *-* e o shimmer azul dá um toque de profundidade na cor que deixa ele mais bonito ainda.
Demorei pra entender a que era essa estampa, hein? Primeiro pensei que eram lascas de madeira (?), daí parei pra pensar no nome do esmalte, Siberian… Husky Siberiano? Gato Siberiano? Finalmente caí na real: TIGRE SIBERIANO, ai Fina Flor, que difícil. E eu adoro tigres, quando era criança queria ter um tigre branco de estimação; pessoa realista, desde sempre. (y)

A coleção tem cores simples, bem cara de inverno, mas a graça fica por conta da temática utilizada: associaram as estampas de animais com o habitat a que eles pertencem, achei fofo!

O único problema é a própria inovação. A capinha das tampinhas é feita de papel, e acaba sendo frágil. É preciso removê-la antes de usar o esmalte e ela sai relativamente fácil. Já derrubei alguns frascos (felizmente não no chão) ao pegar eles pela tampa – como costumo fazer normalmente – e esse é o único ponto ruim. Imagino quantos esmaltes não vão quebrar nas perfumarias quando as pessoas forem pegar eles pela tampa e eles escorregarem…

Eu imagino que estampar (de verdade) a tampa saia mais caro, mas se o revestimento fosse colado à ela seria mais prático e ainda mais bonitinho. Fico com dó ao pensar que pessoas menos cuidadosas vão estragar as capinhas rapidinho.

Tirando o fato das capinhas serem “soltas”, a coleção tá um amor ♥.
Qual cor/estampa vocês mais gostaram?

* Os esmaltes deste post foram enviados pela assessoria da marca para teste.