Blue Aura – Sally Hansen

20 de May, 2014 em Sally Hansen by Bianca de Neve

Em Abril eu decidi fazer mais um ~desafio~ com as meninas do Flickr. Chamamos de Desafio Zumbi, consistia em usar 10 esmaltes vencidos que nunca foram usados. Estavam “mortos”, mas ainda funcionais, daí veio o nome.

Quando a gente pensa em validade, de cara lembra dos nossos esmaltes nacionais com a validade limitada certinha, já que os gringos costumam ter o PAO e daí fica bem relativo. Minha ideia para o desafio era usar os meus esmaltes mais vencidos, os mais velhos mesmo, havia separado só nacionais quando lembrei das minhas raridades. Melhor do que um Risqué vencido em 2007 é esmalte que foi fabricado em 2002~2003.

E assim o primeiro escolhido foi o Blue Aura.

SALLYHANSEN-blueaura2

O que o frasquinho tem de esquisito e cafona o esmalte tem de lindo. O frasco é todo pintado de dourado, gordão, meio ogro. E o esmalte é um azul claro holográfico. BEM holográfico. Daquela cor já batida, sabe? Azul claro com prismão é meio básico, nem por isso menos lindo, acho até que nunca havia usado um azul holográfico com esse tipo de fórmula.

SALLYHANSEN-blueaura

A fórmula é meio cretina, por isso usei Aqua Base por baixo. Passei uma camada bem carregada e pincelando pouco, sem passar várias vezes pelo mesmo lugar, se ficar enrolando muito ele vai secando e arrastando, deixando falhas. Foi só ter esse cuidado mínimo que uma camada foi suficiente.

SALLYHANSEN-blueaura3

Essa linha Magical era composta por uns 7 esmaltes, todas as cores eram meio clarinhas assim, mas com holografia super cegante. Minha maior ~mágoa~ é não ter comprado o Purple Potion, o lilás dessa coleção, mas o preço que pediam por ele no ebay era exorbitante, até eu tenho meus limites xD

SALLYHANSEN-blueaura4

O tom de azul até é bem saturado, não se confunde com aqueles azuis mais clarinhos com toque prateado, tipo o Sci-fly By.

Pensei que por ter passado apenas uma camada não iria durar nada nas unhas, mas só foi aparecer uma lasca em uma unha lá pelo 3º dia. Antes de remover testei passar um extrabrilho sobre o esmalte e diminuiu consideravelmente o efeito prismático.

Doze anos, gente. Faz doze anos que esse esmalte foi fabricado e olha aí, tá perfeito. Por isso que não acredito em data de validade de esmalte 😉

APRENDA A FAZER SUAS UNHAS EM CASA SEM USAR ALICATE!