Coleção Brasil por Risqué. Moda

19 de February, 2013 em Geral by Camila

No começo desse mês a Risqué organizou mais um evento para lançar sua nova coleção para o outono/inverno 2013. Mantendo a ideia da última coleção Brasil por Risqué. Gastronomia, a coleção Brasil por Risqué. Moda tem o Brasil como tema central, dessa vez, com destaque para os tecidos e texturas da produção de moda de nosso país.

Brasil por Risqué Moda Esmaltes SwatchesAo fundo, a bolsinha fofa em que vieram os esmaltes

Um pouco da coleção segundo release da marca:

Ao criar as cores que estarão em alta na próxima estação, Risqué usou como inspiração o trabalho de estilistas renomados que voltam seus olhares para técnicas tipicamente brasileiras e as unem às tendências mundiais. Os esmaltes da coleção “Brasil por Riqué. Moda” nasceram dessa mistura entre o tradicional e o sofisticado, e contam com a parceria da Santaconstancia, tecelagem de Costanza Pascolato, ícone da moda nacional.

Durante as pesquisas de tendências para o desenvolvimento da nova coleção, Risqué e Santaconstancia perceberam uma sinergia entre suas apostas para o Outono e Inverno. A partir daí nasceu a ideia de unir forças para levantar a bandeira da moda e do trabalho artesanal do Brasil. “O trabalho de comunidades espalhadas pelo país, com o manuseio da palha, retalhos, fuxicos e crochês, construiu, pouco a pouco, o estilo brasileiro original. Hoje, o nosso estilo cresceu e se modernizou, mas permanece com talento para a fantasia, a sensualidade, o lúdico e o genuíno. Esta identidade pode ser conferida com muito orgulho pelo mundo afora na percepção daqueles que olham para o nosso Brasil”, comenta Costanza.

Abaixo, a cartela de tecidos com as cores usadas na coleção de roupas da Santaconstancia, que inspirou as cores dos esmaltes:

Brasil por Risqué Moda Esmaltes Swatches Foto: Guto Gonçalves – Estudio13

Bacana o tema, né? Pena que os nomes dos esmaltes continuam tão bizarros quanto na última coleção. Eles fazem referência aos materiais tradicionais mais usados em nosso país.

Usei duas camadas em cada esmalte e não passei extrabrilho (os esmaltes nas fotos não estão manchados, estão apenas refletindo a infeliz camiseta amarela que eu estava usando ao fotografá-los haha).

Babado de Gala: cremoso. Violeta/roxo mais puxado para o azul. Achei bonito, mas basicão. Me lembrou o Diamante Roxo da coleção Joias Místicas.

Brasil por Risqué Moda Esmaltes Swatches Babado Gala


Casaqueto de Retalho
: marrom clarinho com shimmer dourado fofo. A Risqué chamou essa cor de nude escuro. Não gostei muito da pigmentação dele, achei meio aguadinho. Além disso, achei uma releitura do Marrom que Faltava! da coleção Tenho que Ter…

Brasil por Risqué Moda Esmaltes Swatches Casaqueto Retalho

 

Echarpe de Crochê: um grafite amarronzado metálico bem bonito. Me lembra o falecido esmalte Black Out.

Brasil por Risqué Moda Esmaltes Swatches Echarpe Crochê

 

Maxi Bolsa de Palha: um cintilante com aquela cor dourada bonita de champanhe. Achei que não ia gostar, mas é o meu segundo preferido da coleção. Lindo e bem pigmentado. A parte ruim são os brilhinhos que ele deixa na pele e são chatos de tirar :/

Brasil por Risqué Moda Esmaltes Swatches Maxi Bolsa Palha

 

Pantalona de Chita: laranja cremoso. A Risqué falou que isso é um vermelho rosado, mas juro que tô procurando o rosa até agora. Mesmo que seja um tom de coral, tá bem mais pra laranja do que rosa. Aliás, minha cor preferida da coleção.

Brasil por Risqué Moda Esmaltes Swatches Pantalona Chita

 

Sapatilha de Miçanga: vinho cremoso. Bonito, mas me lembrou uns vários esmaltes…

Brasil por Risqué Moda Esmaltes Swatches Sapatilha Miçanga

Eu não gostei dessa coleção. Diferente da última coleção de inverno que trouxe cores lindas e acabamentos diferentes, essa coleção parece uma releitura de antigas cores da Risqué. Os únicos que gostei mesmo foram o Maxi Bolsa e o Pantalona de Chita. Em breve posto as comparações e aceito sugestões de cores pra lista 😉

Sobre a parceria com Reinaldo Lourenço

A Risqué e o estilista têm uma parceria de longa data que já rendeu 17 coleções, sempre as de outono/inverno e primavera/verão. Pela primeira vez essa sequência foi quebrada. Falei com assessoria que afirmou que a parceria não foi encerrada, mas a marca não soube (ou não quis) dizer se a próxima coleção de primavera terá o estilista de volta ou não. A Risqué disse que quer investir em novas parcerias e ainda está em fase de experimentação. Resta esperar para saber se ainda teremos coleções assinadas pelo Reinaldão.

Sobre a fórmula dos novos esmaltes Risqué

Vocês souberam primeiro aqui pelo LPE que a fórmula dos últimos Risqué lançados havia mudado. Assim que a Bee viu o rótulo e me avisou, mandei vários e-mails para a marca perguntando sobre a mudança, mas ninguém me respondeu. No evento de lançamento dessa coleção, no entanto, não tiveram como escapar haha Perguntei tudinho ao vivo (olha eu no flagra pentelhando o pessoal da assessoria) e o negócio é o seguinte: a Risqué vem tentando eliminar as substâncias mais tóxicas de seus esmaltes e para isso, a cada novo esmalte/coleção lançado são feitos diversos testes para saber se a qualidade do esmalte não será afetada com uma fórmula diferente. Só que a marca não sabe afirmar se os próximos esmaltes continuarão com uma fórmula nova e por isso eles optaram por não divulgar nada, já que muitos dos esmaltes à venda ainda serão confeccionados com a fórmula antiga. Apesar disso, ainda acho meio mancada não divulgar pelo menos nos vidrinhos sobre a mudança, já que é algo tão importante para diversas alérgicas que gostam das cores da marca. Pra vocês terem uma ideia, mesmo lá no evento as assessoras não sabiam me dizer se a coleção Brasil por Risqué. Moda estava livre das substâncias e tive que checar lá na hora do evento. E o engraçado é que elas não conseguiram ler o rótulo. Significa? Bom, pra finalizar essa coleção é livre de tolueno, formaldeído e DBP (aliás, nenhum esmalte da Risqué tem DBP), mas é importante sempre ler os rótulos dos esmaltes da marca e/ou ficar sempre ligadinha neste blog maravilhoso  (y)

O preço sugerido dos novos esmaltes é de R$3,10 e estarão à venda a partir de março.

ps.: Não me lembro se a gente já havia comentado por aqui, mas a linha Fast Fashion da Risqué acabou mesmo. Foram só três edições 🙁

* Os esmaltes deste post foram oferecidos pela marca para experimentação.

APRENDA A FAZER SUAS UNHAS EM CASA SEM USAR ALICATE!