Cores da estação: Primavera 2013

23 de September, 2013 em Geral by Loucas Por Esmalte

Olá florzinhas lindas *.*

Estamos entrando na Primavera, essa estação florida e cheirosa! E como o mundo anda numa loucura só, ando morrendo de calor desde a última semana, não quero nem ver o tanto que vou sofrer quando o verão chegar de verdade, bléé.

Mas vamos focar em coisas boas, como a cartela de cores da Pantone para a Primavera!

Esmaltes Pantone primavera 2013

Assim como fizemos na chegada do inverno, separamos algumas sugestões de esmaltes que ficam mais ou menos na mesma cartela de cores. Não vamos falar do Emerald porque seria chover no molhado, é a cor de 2013 e vai continuar sendo até o ano acabar, já tá permitido abusar dele (e até mesmo enjoar).

Dusk Blue

Esse é aquele tom de azul fofo que eu chamaria de “azul calminho” haha Tem aquela cor de céu sem nuvens em dias quentes. Não tem muito amarelo nem roxo na cor. É fácil de achar, várias marcas já tem uma versão da cor. Camila

LPE-duskblue

Horizonte Azul (Colorama), o esmalte da Fernanda é batizado, porque esse tom pra mim é azul mesmo, sem praticamente nada de lilás. Acho que é um pouco mais intenso que o Dusk Blue, mas uma opção lindinha e fácil de achar.
Sure Azure (Essence) é uma versão clarinha e desbotada do tom do Dusk Blue. Tem uma pegada levemente acinzentada, mas é azul mesmo, e bem fofo.
Skin Food infelizmente sem nome, mas que fofurice de vidrinho, né? Presente da July :S2: Ele é bem parecido com a cor do Sure Azure, com a diferença que tem reflexos azuis mais escuros.
Doce Oceano (Impala) acho que é o que mais se aproxima do tom do Dusk Blue. Esses brilhinhos ainda dão um charme na cor.
Beira do Mar (Avon) outro que lembra o Horizonte Azul, fácil de encontrar e de passar.

Grayed Jade

É aquele tom de verdinho claro e meio acinzentado, como o próprio nome já diz. Verdinho fez sucesso láááá em 2010, com o Jade da Chanel. Desde então a indústria nacional tem abusado da cor, logo, as opções são muitas! Bianca

grayed-jade

Sereia (Impala), um clássico! Um dos primeiros verdinhos mortos do mercado nacional. Lembro até hoje da minha decepção ao ver que ele não era tão vivo quanto as fotos mostravam.
Absinto (Colorama), até foge um pouco, pois é mais amarelado do que acinzentado, mas vale só por ser o dupe do Jade da Chanel.
Vintage Polish (Eyeko), quando vi a cor Grayed Jade na hora lembrei do Vintage Polish, pra mim é a ~personificação~ da cor em formato de esmalte.
Fanática (Passe Nati), em um primeiro momento havia pensado em separar o Verde Chic, mas quando bati o olho no Fanática vi que ele também se enquadrava direitinho. É mais verde do que cinza, apesar de aparentar o contrário na foto.
Deby (Fina Flor), um verdinho sujinho, porém mais vivo que os demais.

African Violet

Acho que deve ter muita gente que não curte esmalte rosinha, mas não tem quem resista à fofurice de um lilás! Esse tom do African Violet parece mesmo um roxinho mais delicado e pastel, acho a cara da primavera! Camila

LPE-africanviolet

– Lilac Polish (Eyeko) me parece ser bem próxima do tom do African Violet, uma pena não ser mais fabricado, foi um clássico da Eyeko.
Poodle (Risqué) que era da coleção dos cachorrinhos foi relançado e entrou pra linha fixa da marca. Tem um tom mais mortinho que o do African Violet, mas é uma boa opção de cor para quem curte esses tons.
Água Viva (Impala) é outro tom mais desbotado, porém, uma graça e bem discreto.
Violeta (Colorama) tem um pouco mais de rosa na cor do que eu imaginei para ser exatamente como o African Violet, mas é lindo e bem pigmentado, bom de usar.
Claire’s não tem nome, é um roxo mais azulado, para quem quer ficar no meio termo entre o roxão e o lilás-mocinha.

Linen

Nude rosado, daquele que some na pele da maioria das pessoas. Confesso que está bem longe de ser algo que eu goste, mas até que encontrei bastante variedade na minha coleção! Bianca

linen

Gaivota (Impala), é uma cor mortinha, mas ficou parecendo super forte perto desses outros esmaltes quase sem cor, haha.
Bali (Risqué), gostava muito do Bali, apesar de sempre ter achado ele mais rosa do que nude, pena terem mudado um pouco a tonalidade quando relançaram.
Strobe Light (Sally Hansen), a gente pensa tanto na COR dos esmaltes que esquece que não precisa ser tudo cremoso. Esse glitter, apesar de holográfico, tem a base em tom nude rosado.
Modern Elegance (China Glaze), esse esmalte é antiguíssimo, nem sei quando foi lançado, é o que mais se aproxima do tom Linen.
Elegant (Revlon), repararam como até as marcas acham os nudes ~elegantes? Só ver os nomes que escolhem, ahaha. É o menos rosado das minhas escolhas.

Lemon Zest

Amarelão! Vívido, tão chamativo quanto um amarelo pode ser! Nada de tom pastel, é amarelo mesmo. A gente acha que amarelo só tem aquele em tom forte ou em tom clarinho, mas que nada, tem muito mais tonalidades do que imaginamos. Bianca

lemon-zest

Amarelo Sol (Colorama), super amarelão, não é todo mundo que consegue usar!
Amarelo Real (Risqué), bem parecido com o Colorama.
Mimosa (Chanel), é mais intenso nas unhas do que parece no frasco.
Domingo no Parque (L’apogée), é o amarelo nacional mais próximo à cor do Mimosa, inclusive tem os mesmos brilhinhos.
Amarelo (Dote), pena que para as cores básicas as marcas ainda não inovam muito no nome, haha. É o mais vivo de todos, cor de gema de ovo crua (eca!).

Tender Shoots

E o nosso velho conhecido chartreuse retorna! Até o nosso top 3 em ordem alfabética prevê as tendências! haha O Tender Shoots é um pouco menos amarelado, mas é daquela família de verdinhos vivos com base amarela. Bianca

tender-shoots

Menta (Risqué), incrível como rejeitei esse esmalte achando que o tom era feio, mas só até passar nas unhas, uma pena a Risqué não ter relançado ele.
Who the Shrek are you? (OPI), não é à toa que costumamos chamar essa cor de “verde shrek”, o ogro é dessa cor! haha
Rich Green (Jordana), tem menos amarelo que os outros e é um pouco mais escuro, mas ainda vale como sugestão.
Lime Catwalk (Bourjois), na foto ele está quase amarelo, mas não é tanto assim.
Atraente (Dote), dá pra ver o que ele tem de amarelo na bundinha decantada ¬¬.

Monaco Blue

Azul marinho, pra mim é o que parece o Monaco Blue. E azul escuro é o que não falta na coleção. Difícil foi separar só 5, haha. Bianca

monaco-blue

– 11 (Andreia), uma pena os esmaltes não terem nome, só número. Usei uma vez esse azulão, tem um brilho muito bom, pena que não secou nunca! Preciso dar outra chance.
Côte D’Azur (Panvel), pra mim é a cor perfeita para descrever o Monaco Blue. Adoro ele, é super antigo, nem sei se ainda fabricam.
Denim Blue (Mavala), azul marinho cintilante, cor de uniforme escolar.
Olho Turco (Passe Nati), esse talvez seja vivo demais para a categoria, mas é uma cor linda e intensa.
Novo azul! (Risqué), tem o tom um pouquinho arroxeado, mas ainda é azul.

Nectarine

Laranjinha ~discreto. Aquele laranja mais aceso acho que está reservado para o verão. Aguardemos. Ou não. Camila

LPE-nectarine

Ocean Drive orange (O Boticário) é um laranja que parece mais vibrante no vidrinho do que nas unhas. Tem uma cintilância delicada. Não é dos meus preferidos da marca, mas ainda assim é uma cor bonita.
Dia de Sol (L’Apogée) é aquele laranja que aparece, mas que não chama toda a atenção do mundo para as unhas. Uma opção mais intensa ao do Nectarine.
Blooming Pink (Givenchy) é o único coral da seleção, ideal para quem não curte muito esmalte laranja e prefere um meio termo com um rosa mais tchan.
Chá (Colorama) me parece a cor ideal do Nectarine, pena que não tem cobertura total na unha.
Summer Love (Dermage) é quase um nude, mas aparece bastante na unha até porque ninguém tem a pele laranja desse jeito (a não ser que esteja doente).

Poppy Red

Vermelho aceso. Não consigo imaginar um vermelho sangue ou puxado para o vinho sendo o Poppy Red. Separei os que puxam mais pro laranja ou coral, bem intensos mesmo. Acho que é a cor mais vibrante da cartela de primavera da Pantone. Camila

LPE-poppyred

Spicy Orange (Artdeco), tem acabamento jelly, que é aquela beleza de passar e limpar e dispensa extrabrilho.
Geleia de Pitanga (Risqué) é outro jelly, brilha horrores, tem um cor linda é fácil de achar. Vermelho sem ser comum.
vermediva (quem disse, berenice?), seria perfeito se não fosse fosco esquisito, mas é fácil de passar e não é aguado.
Calore (Derma Nail) tem um nome e uma cor que esquentam, né? Já usei uma vez mas não consegui fotografar. É cremoso e uma ótima opção para quem sofre com alergias.
Diablotine (Dior), novidade da marca aqui no Brasil, tem uns brilhinhos incríveis e eu não sei porque estou esperando tanto pra usar  :hm:

Nós achamos muito linda essa seleção da Pantone, bem cara de primavera, bastante variada e alegre. Vale lembrar – mais uma vez – que ninguém está ditando regras. São só sugestões para o caso de você acordar inspirada querendo se sentir na primavera, haha.

E qual cor vai fazer a primavera de vocês? Na dúvida, são dez cores, dez dedos, vai e pinta um de cada cor!